Caixa abre mais cedo para saque de FGTS inativo

Agências funcionarão duas horas antes para atender quem nasceu em junho, julho e agosto

Por O Dia

Rio - As agências da Caixa Econômica Federal vão abrir duas horas mais cedo hoje para atender mais de 715 mil trabalhadores no Rio nascidos em junho, julho e agosto com direito ao saque do saldo de contas inativas do FGTS. A terceira fase do pagamento vai liberar mais de R$ 1,25 bilhão no estado. O prazo do pagamento acaba em 31 de julho. 

Assim como nas duas primeiras fases, a Caixa programou atendimento em horário estendido nos primeiros dias de pagamento. Hoje, segunda e terça-feiras, todas as unidades do banco no país funcionarão duas horas a mais para atender quem tem contas inativas do fundo.

Quem tem poupança não precisa ir à Caixa. O crédito é feito na conta Fabio Rodrigues Pozzebom / Abr

Em agências que abrem às 10h e 11h, o atendimento começará duas horas mais cedo e, no caso de agências que abrem normalmente às 9h, hoje, segunda e terça-feiras, as unidades vão atender uma hora mais cedo e fecharão uma hora mais tarde.

Nesta terceira etapa, têm direito a sacar o benefício 7,6 milhões de trabalhadores em todo o Brasil. O valor disponível para saque período chega a R$ 10,8 bilhões, o que equivale a 25% do total disponível, de acordo com a MP 763/2016.

Agências abrem sábado

Além disso, 2.100 agências da Caixa estarão abertas amanhã em todo o país, das 9h às 15h, exclusivamente para saques de contas vinculadas ao FGTS, solucionar dúvidas, promover acertos de cadastro e emitir senha do Cartão Cidadão.

A relação das agências com o atendimento especial neste sábado pode ser consultada no site do banco (www.caixa.gov.br). Ainda 200 agências que não estarão funcionando amanhã contarão com funcionários do banco para auxiliar no esclarecimento de dúvidas nas salas de autoatendimento.

Entre os dias 10 de março e 3 de maio, a Caixa registrou o pagamento de mais de R$ 16,6 bilhões relativos às contas inativas. Já sacaram um total de 10,6 milhões de trabalhadores. Os valores equivalem a 91% do total previsto (R$ 18,1 bilhões) e 84% (12,5 milhões)de quem tem direito à retirada.

Como usar o saldo do fundo

O co-fundador do site de negociação de dívidas, Alexandre Lara, aconselha os beneficiados a usarem o dinheiro com sabedoria e organização. “A prioridade dos trabalhadores deve ser se planejar e programar o pagamento de dívidas, começando pelas ativas, como cheque especial e rotativo do cartão de crédito, que têm juros altos”, diz.

Segundo Lara, com o FGTS vai possibilitar quitar débitos ou diminuí-los, aliviando a vida financeira.

Confira

- Quem pode sacar

Pode fazer o saque das contas inativas do FGTS o trabalhador que pediu demissão ou foi demitido por justa causa até 31 de dezembro de 2015.

- Como sacar

Valores até R$ 1,5 mil podem ser sacados nos terminais de autoatendimento da Caixa, somente com a senha do Cartão Cidadão. Para valores até R$ 3 mil, o saque pode ser feito com o Cartão do Cidadão e senha nos caixas eletrônicos, nas casas lotéricas e correspondentes Caixa Aqui.

- Acima de R$ 10 mil

Para sacar os valores acima R$ 10 mil, os trabalhadores precisam apresentar documento de identificação e a Carteira de Trabalho, ou outro que comprove a rescisão de seu contrato com a empresa.

- Conta Poupança

Os trabalhadores que possuem conta poupança individual na Caixa Econômica Federal irão receber o crédito automático na conta, da mesma forma de quem tem poupança conjunta ou conta corrente e que fez essa opção no site das contas inativas ou pelo atendimento do telesserviço do banco no número 0800 726 2017.

Reportagem da estagiária Marina Cardoso sob supervisão de Max Leone

Últimas de Economia