Nos pênaltis, Prass se torna herói e dá tri da Copa do Brasil para o Palmeiras

Alviverde venceu partida no tempo normal e nas penalidades

Por O Dia

São Paulo - Troco dado e título. O Palmeiras é tricampeão da Copa do Brasil, igualando o maior rival Corinthians, e conseguindo a vitória na revanche diante do Santos, que havia sido campeão paulista. Assim como no Estadual, a decisão acabou nas penalidades, só que desta vez, com a vitória do Alviverde. Após derrotar o Santos no tempo normal por 2 a 1, Fernando Prass foi o herói da conquista nos pênaltis defendendo uma cobrança e também finalizando a série com uma cobrança perfeita.

O título da Copa do Brasil pelo Palmeiras quebra a série de três vice-campeonatos do treinador Marcelo Oliveira, vice-campeão pelo Coritiba em 2011 e 2012 e pelo Cruzeiro em 2014. Com o resultado, o Palmeiras garante a participação na Libertadores de 2016.

Palmeiras se tornou tricampeão da Copa do BrasilEfe

O JOGO

Os primeiros 45 minutos foram bastante intensos no Allianz Parque. O relógio ainda não tinha batido 60 segundo, quando o Palmeiras teve uma grande oportunidade. Gabriel Jesus apareceu na cara de Vanderlei depois de passe de Barrios, mas finalizou para boa defesa de Vanderlei.

A resposta do Santos não demorou. Aos sete minutos, Zeca fez bela jogada e tocou para Marquinhos Gabriel, que chutou para boa defesa de Prass, a bola sobrou no meio da área para Victor Ferraz, que carimbou a trave do Alviverde Paulista.

Apesar do equilíbrio, o Palmeiras era melhor e voltou a assustar aos 20 minutos. João Pedro invadiu a área pela direita e cruzou, Dudu apareceu para finalizar, mas não conseguiu concluir. Sete minutos depois, Robinho cruzou da direita, a bola tocou no gramado e sobrou para Barrios. O paraguaio cabeceou e Vanderlei salvou de novo.

As duas equipes perderam dois atletas para o intervalo. Por lesão, o zagueiro santista David Braz deixou a equipe para a entrada de Werley. Depois foi a vez de Gabriel Jesus sair de campo para dar lugar a Rafael Marques.

O Verdão voltou para o segundo tempo numa pegada mais forte. Aos 11 minutos, o Alviverde abriu o placar. Lucas Barrios descolou passe para Robinho, o jogador rolou para Dudu, que tocou para o fundo das redes.

O Verdão continuou melhor na partida, mas o jogo só pegou fogo no fim. Aos 39 minutos, Robinho cobrou falta em jogada ensaiada, Vitor Hugo desviou e Dudu voltou a marcar, fazendo a festa da torcida palmeirense. Porém, não houve muito tempo de comemoração. Dois minutos depois, após cobrança de escanteio, Ricardo Oliveira diminuiu para o Santos e levou o resultado para os pênaltis. 

Penalidades

Nos pênaltis brilhou a estrela de Fernando Prass. O goleiro pegou a cobrança de Gustavo Henrique e converteu a última penalidade garantindo a taça. Marquinhos Gabriel também perdeu a sua chance, isolando a bola. Pelo lado do Palmeiras, Rafael Marques parou em Vanderlei. Coverteram as suas cobranças pelo Alviverde: Zé Roberto, Jackson, Cristaldo e Fernando Prass. Pelo Peixe: Geuvânio, Lucas Lima e Ricardo Oliveira.

Últimas de Esporte