Blazers vencem Clippers e enfrentam Warriors; Wade garante vaga para Miami

Liderados por Lillard, franquia de Portland fecha a série contra Los Angeles em 4 a 2 e encara os atuais campeões na próxima fase, enquanto a equipe da Flórida aguarda Toronto ou Indiana

Por edsel.britto

Estados Unidos - O armador Damian Lillard conduziu nesta sexta-feira o Portland Trail Blazers na difícil vitória, em casa, por 106 a 103, sobre o Los Angeles Clippers, no sexto jogo da série de melhor de sete da primeira rodada dos playoffs da Conferência Oeste, que o time do Oregon fechou em 4 a 2. Mesmo jogando em casa contra um rival sem suas principais estrelas, Chris Paul, que se recupera de uma fratura na mão direita, e Blake Griffin, com problemas no quadril, os Clippers venderam caro a derrota para o Portland, que agora terá o Golden State Warriors, atual campeão da liga e time sensação da temporada, como adversário nas semifinais do Oeste, que começam neste domingo, em Oakland.

Lillard foi o cestinha dos Blazers com 28 pontos, seguido pelo ala-armador C.J. McCollum, com 20, e o ala Maurice Harkless, com 14. O pivô Mason Plumlee voltou a se destacar no garrafão com nove pontos e 14 rebotes, nove deles defensivos, enquanto o reserva Allen Crabbe foi o sexto homem do Portland com 13 pontos e cinco rebotes.Já pelos Clippers, o ala-armador Jamal Crawford, eleito o Mlehor Sexto Homem do Ano, voltou a liderar as ações ofensivas com 32 pontos, mas falhou em uma jogada que teria empatado a partida quando faltava um segundo para o fim do jogo.

O armador Austin Rivers, que foi titular no lugar de Chris Paul, também se destacou com 21 pontos. O filho do técnico Doc Rivers mostrou muita raça ao jogar praticamente toda a partida com o rosto suturado, depois que levou uma pancada no supercílio durante o primeiro quarto. DeAndre Jordan também se desdobrou para conseguir um double-double de 15 pontos e 20 rebotes, 12 deles defensivos, mas que acabaram não sendo suficientes para evitar a eliminação da equipe de Los Angeles.

Já em Charlotte, Dwayne Wade comprovou que a experiência faz a diferença na hora da decisão. Com duas bolas de três e uma bola decisiva no fim da partida, o ala-armador liderou nesta sexta-feira o Miami Heat no triunfo, fora de casa, por 97 a 90, sobre o Charlotte Hornets, forçando o sétimo e decisivo jogo da série da primeira rodada dos playoffs da Conferência Leste, que acontece no domingo, na Flórida.

Wade, que não marcava uma cesta de três pontos desde dezembro, quebrou o jejum acertando logo as duas únicas bolas que chutou de fora do perímetro, e foi o cestinha do Heat com 23 pontos, dez deles no quarto período, que foram decisivos, além de pegar seis rebotes, distribuir quatro assistências e conseguir três tocos. O ala britânico Luol Deng também se destacou no jogo ofensivo ao anotar 21 pontos, enquanto o armador esloveno Goran Dragic contribuiu com 14 pontos, sete rebotes e duas assistências para a vitória do Heat. Outros jogadores com pontuação de dois dígitos foram o pivô Hassan Whiteside, com 12, e o ala Joe Johnson, com 11.

O jogo foi bastante equilibrado e decidido quando faltavam 46 segundos para o fim, com o Heat liderando por dois pontos. Foi então que Wade anotou sua segunda bola de três da noite e tornou a diferença no placar definitiva para o Miami. Pelos Hornets, o destaque foi Kemba Walker, que fez grande atuação ao anotar 37 pontos, sua melhor marca como profissional em um jogo de playoff, mas o armador viu sua equipe perder a chance de garantir a classificação em casa. O pivô Al Jefferson foi o segundo cestinha da equipe, com 18 pontos e nove rebotes, seguido por Cody Zeller, com 12

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia