Tévez diz que pensou na aposentadoria após derrota do Boca na Libertadores

Eliminação para o Indiependiente Del Valle, na semifinal, dentro da Bombonera, mexeu com o atacante argentino

Por O Dia

Argentina - O atacante argentino Carlos Tévez garantiu nesta quarta-feira que chegou a pensar em se aposentar, após a derrota do Boca Juniors nas semifinais da Taça Libertadores e que rejeitou proposta para atuar no Chelsea, reencontrando o ex-comandante da Juventus Antonio Conte.

LEIA MAIS: Basquete, vôlei, tênis e muito mais: acompanhe os esportes olímpicos

"O dia seguinte a nossa derrota, Conte me ligou e disse para eu ir ao Chelsea. Eu respondi que não, que estava muito triste, que deveria pensar em um montão de coisas. Era o Boca ou a aposentadoria", disse o ex-Corinthians à rádio argentina "La Red".

Tévez sentiu muito a eliminação do Boca na semifinal da LibertadoresReuters

Depois da derrota para o Independiente del Valle por 3 a 2, em plena La Bombonera, uma semana após revés por 2 a 1, fora de casa, o Boca caiu da Libertadores, o que fez com que Tévez pedisse para que a reapresentação ao técnico Guillermo Barros Schelotto fosse atrasada em três dias.

"A eliminação foi um golpe muito duro para todos, não somente para mim. A primeira coisa que fiz foi uma autocrítica muito forte. Pensei em um monte de coisas, até em deixar o futebol", "disse o atacante.

Ao se reapresentar ao clube, anteontem, o atacante garantiu que pensa em se aposentar com vestindo a camisa do Boca, como resposta a supostas propostas, além do Chelsea, também do Napoli.

Últimas de Esporte