Polêmica! Maior surfista de todos os tempos, Kelly Slater pede morte de tubarões

Ataque do animal matou o jovem Alexandre Naussance, de 26 anos

Por O Dia

França - Na semana passada, o surfista Alexandre Naussance, de 26 anos, foi vítima de um ataque de tubarão na Ilha Reunião. Após a oitava morte causada por tubarões na região, Kelly Slater fez um apelo às autoridades francesas.

Alexandre Naussance foi mais uma vítima de um ataque de tubarão na Ilha ReuniãoReprodução Instagram

O maior surfista de todos os tempos, 11 vezes campeão mundial de surfe , fez um comentário na imagem que causou polêmica. "Honestamente, eu não vou ser o mais querido por dizer isso mas é necessário que haja um sério abate diário na Ilha Reunião. Há um claro desequilíbrio acontecendo no oceano lá. Se o mundo inteiro tivesse essa taxa de ataque, ninguém usaria o oceano e literalmente milhões de pessoas estariam morrendo assim. O governo francês precisa descobrir isso o mais cedo possível. 20 ataques desde 2011?".

Kelly Slater já foi campeão mundial de surfe 11 vezesReprodução Instagram

A declaração dada pelo surfista sobre o abate aos animais gerou controvérsias, já que Slater é um grande protetor dos oceanos e defensor da natureza. Com a repercussão do seu comentário, ele publicou uma imagem com o comentário que fez na foto de Jeremy Flores e na legenda, se explicou sobre o caso.

Confira a declaração na íntegra:

"Por favor, diga o que você sente que precisa me dizer aqui embaixo. Eu prometo que irei ler todos os comentários e responder se eu puder. Eu tenho sido um ativista ambiental e voz para mais campanhas do que eu posso me lembrar. Eu trabalhei com rinocerontes na África do Sul para trazer consciência e educação para as questões de caça furtiva. Eu fui um oponente ao comércio ao 'Shark Finning' (comércio de barbatanas de tubarões) e acredito ser uma prática desprezível que não possui lugar em nosso mundo. Eu trabalhei com a Fundação Bos e levantei fundos para a proteção e consciência sobre a situação dos orangotangos. Eu quero me tornar vegano por causa do tratamento e maneira de abate dos animais mais indefesos e inocentes deste planeta. Eu produzo roupas de redes de pesca descartadas para ajudar a limpar a bagunça deixada para trás pela indústria pesqueira. Meu coração está no lugar certo mas agora eu estou veementemente atacado pelas pessoas que mais me identifiquei pela maior parte da minha vida. Os seres humanos são a maior ameaça à vida na Terra, mas eles também são os mais capazes de corrigir os problemas que enfrentamos. Meus comentários foram em reação sobre outra morte de um garoto que seguia sua paixão. Eu sei mais sobre essas questões do que 99% das pessoas comentando, mas ainda eu não sei o suficiente. Eu não estava defendendo uma defendendo uma destruição de nenhuma espécie. Na verdade, há chances de muitas outras espécies de tubarões e outros seres do mar que poderiam prosperar sem a abundância de "tubarões-cabeça-chata" devastando o ambiente local na Ilha Reunião. Não se trata de me divertir e estar sendo egoísta com o meu esporte. Esta é uma questão humana e ambiental. Me atacar não vai fazer bem à conversa que será necessário que continue a acontecer para a resolução deste tópico. Eu nunca matei um único tubarão em toda a minha vida e eu não farei isso. Então diga o que você precisa dizer e vamos continuar até onde isso precisa ir. Talvez algo bom venha disto".

Últimas de Esporte