Sem a musa! Renato Gaúcho veta Carol Portaluppi na final da Libertadores

Decisão da competição, no próximo dia 27, será na Argentina, o que preocupa o pai: 'Lá é complicado'

Por O Dia

Rio - Um dos amuletos do Grêmio foi barrado pelo treinador Renato Gaúcho e está fora da final da Libertadores. Não é Luan, Geromel ou Barrios, mas a torcedora-símbolo do clube gaúcho (e filha do técnico) Carol Portaluppi.

Carol com a camisa do clube: pai não quer vê-la comemorando o possível título da Libertadores no gramadoReprodução/Instagram

Acostumada a acompanhar o time nos jogos, a filha de Renato Gaúcho não estará em La Fortaleza, estádio do Lanús que receberá a finalíssima da competição sul-americana, no próximo dia 27. Palavras do próprio técnico, que em entrevista à TV Globo, vetou a ida de Carol à Argentina.  “Pra Argentina não. Aqui na Arena tudo bem, com a torcida do Grêmio, tem os seguranças que tomam conta. Mas em outro país, principalmente se tratando de Argentina e de uma final de Libertadores, é complicado”, argumenta o treinador, ou melhor, o pai preocupado.

Carol, sucesso nas redes socias, ficou ainda mais famosa quando foi vista comemorando no gramado o título gremista na Copa do Brasil de 2016, na Arena do Grêmio. Renato não quer a cena se repetindo em caso de mais um título, mas admite: será difícil convencer a filha: “Vai ser uma choradeira, uma gritaria. Vou me estressar com ela na semana antes, mas é pro bem dela. Não tô falando 100% não, mas é 99%. Aqui na Arena tudo bem. La é mais complicado”, disse.

Antes de ir à Argentina, o Grêmio enfrenta o Lanús nesta quarta-feira, às 21h45, em casa.

Últimas de Esporte