Em mais um capítulo de 'Rei x Bobo', Aldo e McGregor trocam provocações

Coletiva que marcou o começo da turnê pelo mundo para promover a disputa de cinturão do peso pena do UFC foi marcada por declarações fortes dos lutadores

Por O Dia

Rio - Foi dado o pontapé inicial daquela pode ser uma das maiores rivalidades dos últimos tempos do UFC. Em coletiva, que contou com a presença de Dana White, antes da pesagem oficial do UFC Rio 6, o atual campeão Jose Aldo e desafiante, o irlandês Connor McGregor, que no UFC 189, dia 11 de julho, em Las Vegas (EUA), trocaram fortes declarações, o que fizeram o público presente no Maracanâzinho ir ao delírio, principalmente com as falas do manauara. Para provocar os cariocas, McGregor afirmou ser o "Rei do Rio, rapidamente rebatido por Aldo.

"Eu sou o dono desta cidade. Sou o dono do Rio de Janeiro. Quem vai fazer algo a respeito disso? Eu sou o rei, tenho herança real no meu sangue. Se fosse outra época, eu iria invadir sua favela e tomaria conta. Mas como estamos nessa época, vamos lutar em julho. Esses caras tem que por na cabeça que nada irá me atingir", afirmou McGregor, que tomou uma resposta à altura de Aldo.

José Algo e Connor McGregor se enfrentam em julhoUlisses Valentim

"Dono do Rio onde? Já lutei milhões de vezes aqui, todo mundo sabe quem é o Rei do Rio. Ele tenta se promover e acho até engraçado. Só tenho que rir das palhaçadas dele".

LEIA MAIS: Notícias, lutas e bastidores: tudo do mundo do MMA

Ao ser perguntado sobre alguma comparação entre Chael Sonnen e Conor McGregor, Aldo não quis saber de fazer política com seu adversário e afirmou que com ele as coisas são diferentes e não haverá a possibilidade de um futuro convide para um churrasco, como aconteceu entre Anderson Silva e Sonnen.

"Comigo é diferente. Fui criado na rua, sou vagabundo nato. Vou passar por cima mesmo, não discriminando ninguém. Sou brasileiro, vou passar por cima dele, não importa. Não tem negócio de amizade. A amizade fica para ele e para os amigos dele. Comigo, não!", disse.

Como bom falastrão, o irlandês também fez questão de criticar o modo de lutar do brasileiro. Segundo ele, o brasileiro cozinha as lutas e sempre levando-as para a decisão dos juízes.

José Aldo e Connor McGregor voltaram a se provocarUlisses Valentim

"Até onde sei, ele é um cozinheiro, ele cozinha as lutas. Ele não finaliza ninguém. Só tem uma finalização na história do UFC. Eu finalizei quatro. Ele tem 25 minutos pra esconder aquele queixo de vidro de mim. Não vai acontecer! Vou acertá-lo, e ele vai cair", disse.

Por fim, José Aldo respondeu à provocação que McGregor fez ontem ao jogar dados em uma imagem do Manauara e em seguida rasgar a foto (colocar hiperlink do vídeo nesse trecho por favor). Segundo o brasileiro, ele é a flecha e André Pederneiras, seu treinador, é o arco.

"Ele colocou meu rosto para acertar com o dardo e não acertou nada. Ele não pode acertar uma coisa que não vê. Eu luto MMA. Como falo, o Dedé é o arco, eu sou a flecha. Ele mira no alvo e eu acerto", finalizou

UFC Fight Night Rio

Dia 21 de março, no Maracanãzinho

CARD PRINCIPAL

Peso-meio-médio: Demian Maia x Ryan LaFlare
Peso-meio-médio: Erick Silva x Josh Koscheck
Peso-leve: Gilbert Durinho x Alex Cowboy
Peso-leve: Léo Santos x Tony Martin
Peso-galo: Amanda Nunes x Shayna Baszler
Peso-pena: Godofredo Pepey x Andre Fili

CARD PRELIMINAR

Peso-leve: Francisco Massaranduba x Akbarh Arreola
Peso-pena: Kevin Souza x Katsumi Kikuno
Peso-leve: Leandro Buscapé x Drew Dober
Peso-leve: Leonardo Macarrão x Cain Carrizosa
Peso-leve: Jorge Blade x Christos Giagos
Peso-mosca: Fredy Serrano x Bentley Syler


Colaborou Ulisses Valentim

Últimas de _legado_MMA