'Temos de lutar com dignidade até o último minuto', diz Vagner Mancini

Técnico do Botafogo sabe que a situação do time é delicada

Por O Dia

Rio - A situação é crítica, mas o Botafogo não joga a toalha. A ordem é lutar até o fim contra o rebaixamento do Campeonato Brasileiro. O técnico Vagner Mancini não desiste. Ele avaliou o momento do clube após a derrota para a Chapecoense, domingo, na Arena Condá.

Vagner Mancini vê a situação piorar cada vez maisBruno de Lima

"Eu me baseio no futebol. Tenho de me espelhar no que o campeonato me mostra e não no que já aconteceu em outras competições. Temos de lutar, não nos resta outra coisa. Lutar com dignidade até o último minuto do último jogo para mudar uma situação que parece definida, mas que ainda não está. A vitória não veio, e a equipe vem sofrendo muito. A impressão é que o emocional tira a força de maneira geral. Como homens, temos de segurar a barra até o fim", disse o técnico.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

De acordo com o matemático Tristão Garcia, o Botafogo tem 99% de risco de queda. Para se salvar, o Alvinegro precisa vencer os dois próximos jogos (contra o Santos, na Vila Belmiro, e Atlético-MG, no Rio) e ainda secar Vitória e Palmeiras.