Fogão: Uma verdadeira máquina de gols

Com 18 ‘artilheiros’ em 2015, ataque Alvinegro tem sido o terror das defesas adversárias

Por O Dia

Rio - Desde os primeiros jogos do ano, o Botafogo demonstrou uma vocação ofensiva. Teve o melhor ataque do Campeonato Carioca, junto com o Vasco, com 35 gols, e continua sedento por bola na rede no início da Série B do Brasileiro, chegando a uma expressiva marca: 18 jogadores diferentes já fizeram a alegria da torcida em 2015.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

A postura da equipe é motivo de orgulho para o técnico René Simões e tem rendido elogios dos alvinegros. “Outro dia, um torcedor falou para mim: ‘Com este time, sempre acho que o Botafogo vai conseguir fazer gol. Diferentemente de outros tempos’. Tem coisa melhor para escutar de um botafoguense?”, disse o comandante.

Elvis deixou o seu na vitória sobre o CRB por 4 a 1 e é um dos 18 'artilheiros' do Botafogo em 2015Alexandre Brum / Agência O Dia

Estreante de sábado, na goleada sobre o CRB, Lulinha foi o 18º a marcar na temporada. O meia chegou ao clube há menos de 15 dias e teve uma adaptação relâmpago. Por isso, dividiu a alegria pelo gol com o restante do time.

“Agradeço aos meus companheiros que me acolheram bem demais. Não tenho nem duas semanas de clube, entrar, estrear, não podia ter sensação melhor. O ano para mim começou muito bem”, vibrou Lulinha.

VEJA: René elogia atuação do Bota e destaca postura ofensiva no segundo tempo

Com duas rodadas da Série B, o Botafogo já assumiu o posto de ataque mais positivo da competição, ao lado de Sampaio Corrêa e Bahia, todos com cinco gols. Os alvinegros só levam desvantagem por causa da indisciplina na vitória sobre o CRB. Os cinco amarelos recebidos na partida puxaram o time para a vice-liderança, já que empata rigorosamente em todos os outros critérios de desempate com o Sampaio Corrêa.

Um dos principais responsáveis por levar a equipe ao ataque na última partida, Sassá é dúvida para o jogo de quarta-feira, contra o Figueirense, pela terceira fase da Copa do Brasil. O atacante sofreu uma torção no tornozelo direito e será reavaliado hoje para saber se viajará com o grupo para Florianópolis.