Diretoria do Flamengo multa e afasta cinco jogadores envolvidos em festa

Paulinho, Marcelo Cirino, Pará, Everton e Alan Patrick foram punidos no Rubro-Negro

Por O Dia

Rio - A diretoria do Flamengo anunciou que Paulinho, Marcelo Cirino, Pará, Everton e Alan Patrick serão multados e afastados por tempo indeterminado do elenco. O diretor-geral do clube, Fred Luz, fez um rápido pronunciamento de aproximadamente 50 segundos, no início da noite desta quarta-feira, na Gávea. O dirigente não respondeu a perguntas dos jornalistas.

Everton e quatro companheiros foram afastadosMárcio Mercante / Agência O Dia

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Flamengo

A festa organizada pelo grupo de jogadores, na véspera, deixou a diretoria rubro-negra indignada. No momento em que o Flamengo vem de seis derrotas em sete jogos, pegou mal a exposição, já que a confraternização vazou e foi disseminada por redes sociais. Segundo o relato a reunião teve a presença de mulheres, foi regada a bebidas e varou a madrugada. Até colchões foram providenciados, caso fosse necessário ir direto ao Ninho do Urubu - a casa onde o evento foi organizado fica próxima ao CT.

"Estamos diante de um fato público e notório, divulgado pela imprensa, envolvendo cinco atletas profissionais do Flamengo, num período decisivo do Campeonato Brasileiro. Após tomar conhecimento dos fatos, o departamento de futebol convocou os atletas para ouvir as versões. Ponderados os argumentos, ficou decidido que os atletas serão multados e afastados por tempo indeterminado, para avaliação da diretoria e da comissão técnica. Daqui para frente, o assunto será tratado internamente pelo Flamengo", disse Fred Luz, ao lado do vice de futebol, Gérson Biscotto. O diretor de futebol, Rodrigo Caetano, não estava presente porque cumpre suspensão imposta pelo STJD.