Por fabio.klotz
Rio - A torcida do Flamengo não perdoou a falha de Wallace, que resultou no gol de empate do Boavista, neste sábado, na estreia no Carioca, e passou a vaiar o zagueiro. O capitão saiu de campo sem falar com a imprensa. O volante Willian Arão saiu em defesa do companheiro.
"Todo o apoio. É o capitão, um jogador experiente, já estive com ele no Corinthians. Não só eu, mas o time todo tem de dar apoio a ele. Todo jogador já passou por isso em algum momento. A única forma de mudar isso é trabalho, tem de trabalhar, não só ele como todos nós para conseguirmos a vitória na quarta-feira", declarou Arão, que tratou de dividir a responsabilidade do erro com todo o grupo:
Publicidade
"A falha sempre é coletiva, do time todo. Nós tínhamos que ter marcado todo o time e sofremos o gol. Agora é acertar, ver o que fizemos, escutar o professor Muricy e tentar arrumar para quarta-feira podermos ganhar", encerrou.
Após tropeçar na estreia no Carioca, o Flamengo volta a campo na quarta-feira, às 21h45, e encara o Macaé, no Moacyrzão.