CBF veta Brasília como a casa do Flamengo no Campeonato Brasileiro

Muricy gostaria de uma estádio fixo para o Rubro-Negro

Por O Dia

Rio - O Flamengo sofreu duro golpe com o veto da CBF a Brasília como a casa do clube no Brasileirão. A escolha aconteceu após o bom público contra o Fluminense. Além disso, era um pedido de Muricy Ramalho para que o time tivesse um local fixo, já que não poderá usar o Engenhão e o Maracanã, cedidos à Olimpíada. A CBF argumenta que essa disposição não está prevista no Regulamento Geral das Competições.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Flamengo

“Tínhamos os pareceres jurídicos e o aval técnico da CBF. O secretário Walter Feldman e todos os diretores deixaram claro que era possível nos atender. Houve a pressão da Ferj. É negativo e inviabiliza o planejamento. Eles sabem que não existe estádio para jogar no Rio . Alegaram que qualquer partida fora do estado precisaria de autorização especial, além de pagarmos dez por cento para a federação”, criticou o presidente Eduardo Bandeira de Mello ao site ‘UOL’.

Flamengo não poderá ter Brasília como sua casaMárcio Mercante