Flu quer vencer e afugentar o fantasma

Triunfo sobre o Avaí acaba com perigo de degola e ameniza o mau desempenho no returno

Por O Dia

Espírito Santo - Vencer tem sido uma tarefa difícil para o Fluminense no returno do Brasileiro. Com três vitórias em 16 rodadas, o Tricolor enfrenta o Avaí, neste domingo, às 19h30, no Estádio Kléber Andrade, com a missão de exorcizar de vez o fantasma do rebaixamento. O risco de 1% de queda é mínimo, mas a vergonha pela campanha é grande e promete acelerar o processo de reformulação para 2016.

Diego Cavalieri e Fred serão novamente os pilares da equipe. Apesar do contrato em vigência, medalhões como Gum, Jean e Cícero deverão ser negociados pelo desgaste no clube e também pelo alívio na folha salarial. Apostas mal-sucedidas como João Felipe, Antônio Carlos, Breno Lopes e Wellington Paulista deverão partir.

Fluminense quer vencer o AvaíBruno de Lima

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Fluminense

Ao pedir para não ser relacionado contra o Grêmio, Vinícius praticamente sepultou as chances de renovação com o Fluminense, que não pretende utilizá-lo mais até o fim do Brasileiro. A acentuada queda de produção aumentou a pressão sobre o grupo. Para garantir um fim de ano sem traumas para a torcida e o próprio emprego em 2016, a ordem é mostrar serviço nas últimas rodadas.

“Estamos na última posição do segundo turno do Brasileiro. Precisa existir cobrança entre nós. Temos que sentir a derrota e entrar com sangue nos olhos para deixar o Fluminense na parte de cima da tabela”, disse Wellington Silva, que está perto de prorrogar o vínculo com o Tricolor por mais dois anos.

Incomodado pelo momento da equipe, porém, atento ao rendimento de cada comandado, o técnico Eduardo Baptista terá a palavra final de quem continuará nos planos para o próximo ano. Internamente, já definiu com a cúpula do departamento futebol os alvos para reforçar o Fluminense.