Levir reclama de pênalti, mas admite que Fluminense ficou devendo futebol

'Fizemos muito pouco para vencer a partida', analisa o técnico

Por O Dia

Rio - O Fluminense reconheceu que ficou devendo futebol na semifinal contra o Botafogo, neste domingo, em Volta Redonda. Mas a análise tricolor também tem espaço para reclamação da arbitragem. Na visão de Levir Culpi, o árbitro Rodrigo Carvalhães de Miranda ignorou pênalti em Fred, ainda no primeiro tempo.

Levir Culpi reclama da arbitragem no clássico com o BotafogoNelson Perez / Fluminense F.C. / Divulgação

"É difícil dizer, mas fizemos muito pouco para vencer a partida. No primeiro tempo, o Botafogo foi muito mais consistente, principalmente na marcação e na distribuição de jogo. Tivemos alguns lances também... mas contra o Fluminense sempre tem a questão da arbitragem. Houve um pênalti claro que não foi marcado. Eu só não lamento muito mais porque de 95 minutos nós só jogamos de 15 a 20 minutos um bom jogo, o que é muito pouco para pensar em vitória", analisou Levir Culpi.

Na análise de Levir, foi o primeiro tempo do Fluminense sob o seu comando. O Botafogo dominou o rival. O 0 a 0 foi lucro para o Tricolor...

"Acho que foi sim. Em primeiro lugar por causa do Botafogo, que jogou bem, neutralizou bem o nosso meio de campo. Não tivemos a leitura boa de fechar um dos pontas e igualar no meio. Foi, realmente, o nosso pior jogo. Se o juiz tivesse marcado o pênalti, por exemplo... Mas o time jogou muito pouco. Não passou de 20 minutos jogando bem", declarou.