De olho no Rio-2016, Barbosa convoca 15 jogadoras para o Sul-Americano

Torneio vira preparação na caminhada rumo à Olimpíada

Por O Dia

Rio - A competição vale vagas para competições futuras, como a Copa América/Pré-Mundial de 2017 e o Mundial de 2018, mas o pensamento está mesmo nos Jogos Olímpicos do Rio-2016, que serão em agosto. Na noite de quinta-feira, o técnico Antonio Carlos Barbosa convocou 15 jogadoras que irão realizar a preparação para o Campeonato Sul-Americano de basquete feminino, que será realizado de 20 a 26 de maio, em Barsiquimeto, na Venezuela.

Antonio Carlos Barbosa parte para o Sul-Americano: parte do planejamento para a OlimpíadaDivulgação

O Brasil vai em busca do 26º título na competição e o 16º consecutivo invicto, após 34 edições. O Sul-Americano classifica os quatro primeiros colocados para a Copa América/Pré-Mundial de 2017, que irá classificar três países para o Mundial de 2018, que será na Espanha.

"Nessa primeira convocação procuramos chamar as jogadoras que estão em melhores condições para esta competição, mas lembrando que não é definitiva para os Jogos Olímpicos Rio-2016. Procuramos fazer uma lista enxuta e não muito ampla, com uma mesclagem de jogadoras jovens, outras que já vinham aparecendo nos ciclos anteriores e as mais experientes. O Sul-Americano não apresenta mais as facilidades das edições anteriores e não é o mesmo campeonato apresentado em outros anos. As equipes do continente evoluíram bastante", disse o treinador brasileiro.

A seleção brasileira se apresenta no dia 2 de maio, em Campinas, e realizará a preparação em dois períodos até o dia 17 de maio. Barbosa aproveitou para destacar os principais critérios utilizados na convocação para a disputa do Sul-Americano - a convocação para a Olimpíada será na segunda quinzena de maio.

"Entre as convocadas teremos o retorno de jogadoras experientes e de minha confiança, como as pivôs Kelly Santos e Êga. Elas possuem experiência e ainda estão em condições de jogar em nível internacional, além de serem importantes para o meu sistema tático. A armadora Adrianinha é indispensável para nossa equipe. Ela iniciou na Seleção sob meu comando no Sul-Americano Juvenil do Equador (1996) e depois na seleção adulta no Sul-Americano do Brasil (1999) e no Pré-Olímpico de Cuba (1999)", analisou.

O treinador falou também das novidades na convocação: "Temos as armadoras Joice Rodrigues e a Bárbara Honório, mas que já haviam trabalhado comigo no Sul-Americano Cadete do Equador (2001). Mantive também jogadoras que vinham no processo de renovação, como Patrícia Teixeira, Tainá Paixão, Isabela Ramona e Tatiane Nascimento, além de mantermos outras que vinham bem na Seleção ou que fizeram um bom Campeonato Nacional, caso da Palmira, Jaqueline, Iziane, Nádia e Gilmara."

Confira a convocação da seleção feminina

Armadoras

Adriana Moisés Pinto Mafra (37 anos) - Uninassau/América-PE
Bárbara Generoso Honório (30 anos) - Corinthians/Americana-SP
Joice Cristina de Souza Rodrigues (29 anos) - Corinthians/Americana-SP
Tainá Mayara da Paixão (24 anos) - Uninassau/América-PE

Alas

Isabela Ramona Lyra Macedo (21 anos) - Sampaio Basquete-MA
Iziane Castro Marques (34 anos) - Sampaio Basquete-MA
Jaqueline de Paula Silvestre (30 anos) - Santo André-SP
Palmira Cristina Marçal (31 anos) - Sampaio Basquete-MA
Patrícia Teixeira Ribeiro (25 anos) - Maranhão Basquete-MA
Tatiane Pacheco Nascimento (25 anos) - Uninassau/América-PE

Pivôs

Gilmara Justino (35 anos) - Corinthians/Americana-SP
Karina da Silva Jacob (30 anos) - Sampaio Basquete-MA
Kelly Santos Muller (36 anos) - Uninassau/América-PE
Nádia Gomes Colhado (27 anos) - Sampaio Basquete-MA
Soeli Garvão Zakrzeski (Êga) (38 anos) - Maranhão Basquete-MA

Últimas de _legado_Olimpíada