Dilma, Lula e FHC não estarão na abertura de cerimônia da Olimpíada

Dois ex-presidentes e a presidente afastada não estarão na cerimônia no Maracanã

Por O Dia

Rio - Nem Dilma nem Lula nem Fernando Henrique. A abertura dos Jogos Olímpicos no dia 5 de agosto não irá contar com a presença de nenhum dos três ex-presidentes, que recusaram o convite para participar da cerimônia no Maracanã.

Em entrevista, a presidente afastada, Dilma Rousseff , afirmou que não teria um papel de coadjuvante em relação ao presidente interino, Michel Temer. “Não pretendo participar da Olimpíada em uma posição secundária”, declarou à RFI (Radio France Internacionale).

A presidente afastada ressaltou ainda que a realização da Olimpíada é resultado das iniciativas dela e do ex-presidente Lula, que se esforçou para escolha do Rio de Janeiro, em outubro de 2009, como cidade-sede dos Jogos.

Lula e Fernando Henrique foram convidados para a abertura pelo Comitê Olímpico Internacional (COI). Caberá a Michel Temer fazer a declaração que marca o início da Olimpíada de 2016 – uma breve aparição de autoridades é tradição nas cerimônias de abertura.

O COI convidou ainda os ex-presidentes José Sarney e Fernando Collor de Mello. Eles também não devem comparecer à cerimônia de abertura. 

Últimas de _legado_Olimpíada