A Palinha do Apolinho: jogo não cabe no estádio

Urubuzão é um local excelente para jogos de médio porte. Para os grandes clássicos, é desaconselhável por deixar de fora milhares de torcedores

Por O Dia

Rio - O Urubuzão é estádio excelente para jogos de médio porte. Para os grandes clássicos, é desaconselhável por deixar de fora milhares de torcedores, submeter a enorme sacrifício a minoria que vence a batalha por ingressos, a agonia no trânsito para chegar e sair da Ilha do Governador. Infelizmente, estamos sem o nosso Maracanã, único capaz de receber confrontos envolvendo clubes de massa. Vasco x Flamengo seria jogo para 70 mil pessoas e sem riscos; Flamengo x Palmeiras a mesma coisa. Só nesses dois jogos poderíamos ter 140 mil torcedores e, sem transtornos, 100 mil a mais do que a soma das duas partidas. Flamengo x Palmeiras é mais do que luta por posição, é briga pelo direito de sonhar com o título. Zé Ricardo e Cuca parecem jogadores de buraco com as mãos cheias de curingas, têm boas opções, mas ainda não conseguiram montar um time. Para ambos, o resultado do jogo desta quarta-feira definirá a diferença entre sonho e pesadelo.

DRAMA

Na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, com apenas três vitórias em 14 rodadas, o São Paulo faz a pior campanha de sua gloriosa história. Saiu Rogério Ceni, entrou Dorival Júnior e as coisas só pioraram. É nesse clima que receberá o Vasco hoje à noite. Tudo bem que as três vitórias foram em casa, onde jogou seis vezes, mas isso não o faz favorito. Se Milton Mendes fizer o time jogar sem medo e conseguir sair na frente no marcador, a ansiedade do adversário fará o resto.

PEDALADAS

Os franceses do PSG garantem que Neymar já acertou com o clube. O Barcelona diz que ninguém o tira de lá.

Diego Alves chega para fechar o gol do Flamengo. Nem precisa pegar pênaltis ou as indefensáveis. Pegando todas as outras ficará de bom tamanho.

Apurando responsabilidades na tragédia aérea que vitimou a delegação, a Polícia Federal investiga ligações entre a Conmebol, a Chapecoense e a empresa LaMia.

BOLA DENTRO

O Botafogo venceu o Sport por 2 a 1 na segunda-feira, lavou o uniforme na terça, viaja hoje e joga amanhã na Arena da Baixada com o Atlético-PR. São uns heróis.

BOLA FORA

Fechando um estádio, punem torcida, concessionários de restaurantes, bares, lojas, funcionários e trabalhadores eventuais. Os arruaceiros seguem nas ruas.

Últimas de _legado_A palinha do Apolinho