Brasil não vai bem no tênis de mesa e sofre com oito derrotas, na Paralimpíada

Brasileiros não tiveram bom desempenho nesta manhã, no Riocentro

Por O Dia

Rio - A manhã foi agitada para o Brasil no tênis de mesa, na Paralimpíada do Rio, mas, ainda assim, não foi positiva. Ao todo, foram oito jogos e nenhuma vitória para os donos da casa. Primeiro a competir, Luiz Filipe Manara não foi tão bem e acabou derrotado por Andras Csonka, da Hungria, por 3 a 0. David Andrade também não teve sorte contra Seok Kim, da Coreia do Sul, e foi eliminado.

Iranildo Espindola enfrenteu Rafal Czuper, da Polônia, e também perdeu por 3 a 0, no Riocentro. O mesmo aconteceu com Guilherme da Costa, contra Jan Riapos, e Claudiomiro Segatto, contra Valentin Baus. Quem ficou mais próximo de uma vitória foi Diego Moreira, que perdeu por 3 a 1 para Yiqnig Zhao, da China.

As meninas também não começaram bem. Thais Severo estreou contra Alena Kanova, da Eslováquia, mas foi derrotada por 3 a 1. Jennyfer Parinos também não foi bem: 3 a 0 para Neslihan Kavas, da Turquia.

Últimas de _legado_Paralimpíada