Dagoberto e o seu guia de campeão

Perto de somar mais uma taça ao currículo, atacante cita Michael Jordan para explicar a vitoriosa carreira

Por O Dia

Rio - No vocabulário da bola, a vitória é fruto do trabalho e o jogo é ganho nos detalhes. Todo time tem seu amuleto, seu talismã e o atleta com uma carreira vitoriosa logo é batizado de ‘chama-título’. No Vasco, este último é Dagoberto, campeão por onde passou, com mais de dez conquistas, em menos de dois meses no clube já pode ajudar a encerrar um jejum de 12 anos no Campeonato Carioca. O guia do sucesso? Ele dá com uma citação de Michael Jordan, o eterno astro do basquete norte-americano.

Dagoberto espera conquistar mais um títuloDivulgação

“Ele disse: ‘Quanto mais eu trabalho, mais sorte e sucesso eu tenho’”, explicou. A frase, que originalmente é do jogador de golfe, o também americano Arnold Palmer, nos últimos anos serve de mantra para o atacante. 

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

“Não é por acaso. Eu me dedico muito. Futebol é um esporte coletivo, mas procurei entender o projeto do Vasco antes de acertar o contrato. E a ideia era voltar a figurar no topo. Ganhar é o que me move. Quando perder esse fogo, procuro outra coisa para fazer. Lógico que já perdi algumas vezes, mas ganhei outras várias”, acrescentou.

Dagoberto se considera um privilegiado. Também não é para menos. Muito perto de ajudar a tirar o Vasco de uma longa fila sem títulos no Carioca, o jogador acumula cinco Brasileiros (Atlético-PR, São Paulo, duas vezes, e Cruzeiro, duas vezes) e quatro estaduais (dois Paranaenses, um Gaúcho e um Mineiro). No Rio, o sabor parece ser ainda mais especial e faz o atleta de 32 anos ligar o alerta em São Januário.

“Na nossa cultura, os vencedores ficam na história. Essa é a verdade. E eu tive essa felicidade por onde passei. É muito bom poder respirar aliviado com a sensação de dever cumprido. Mas não é fácil. Tem de ralar muito. Temos a possibilidade de conquistar o título domingo, mas o Botafogo tem um time muito forte. Será muito difícil. Vamos ter de fazer por merecer essa conquista”, advertiu Dagoberto, sabendo como poucos o que fala.