Bola na rede nos clássicos é com Riascos

Colombiano marcou nos três maiores rivais nesta temporada e já superou gols de 2015

Por O Dia

Rio - Herói improvável até pouco tempo atrás, Riascos conseguiu dar a volta por cima no Vasco. De jogador criticado a autor de gol de título, o colombiano passou por muitos percalços e contou com a ajuda de Jorginho, que apostou nele mesmo em baixa. A resposta tem sido dada em campo em 2016. Vice-artilheiro do Carioca, com oito gols, Riascos tem se mostrado decisivo nos clássico, ao marcar três vezes — uma contra cada rival.

Riascos vive grande momento com a camisa do VascoCarlos Gregório Jr / Vasco.com.br / Divulgação

Antes do gol do título diante do Fluminense, Riascos contribuiu para manter a invencibilidade vascaína ao empatar o jogo com o Flamengo já no fim. Ele também fez o gol vascaíno contra o Botafogo, no empate em 1 a 1.

O bom desempenho em 2016 parecia improvável. Afinal, Riascos tinha feito sete gols em 32 jogos no ano passado. Ou seja, o colombiano já superou a marca em somente 11 partidas neste ano.

Méritos para Jorginho, que viu potencial no colombiano e não desistiu dele. Deu um voto de confiança e ajudou o atacante, que por muito pouco não saiu. Jorginho escalou Riascos de titular desde o início do ano, e já o viu marcar duas vezes na estreia contra o Madureira.

EMPRÉSTIMO ATÉ MAIO

Com os gols em 2016, ele não apenas se firmou no time, como voltou aos planos para a temporada. O contrato de empréstimo só vai até maio e o Vasco tenta a renovação.

“Já posso dizer que a diretoria está olhando com muito carinho, futebol é feito de resultados. Ele tem jogado bem, está chamando atenção e demonstrando que merece ficar. E se recuperou do ano passado para este. Com certeza, gostaria de contar com ele”, elogiou Jorginho.

A negociação não é fácil porque Riascos pertence ao Cruzeiro. Os direitos econômicos do colombiano custam R$ 7 milhões, o que o Vasco não pagará. “Se fosse uma simples renovação, já estava renovado. Vamos ver se o Cruzeiro chega a um acordo”, explicou o presidente Eurico Miranda ao site Globoesporte.com.