Contra o Náutico, Vasco quer voltar a vencer para se manter na liderança

Gigante da Colina tenta se recuperar de derrota na Série B

Por O Dia

Rio - Passada a decepção pela perda da invencibilidade de 34 jogos, o Vasco segue a vida pós-derrota com o pensamento no objetivo maior da temporada: retornar à elite do futebol brasileiro. Com Nenê de volta após cumprir suspensão e sem a busca pelo recorde, as atenções vascaínas se voltam totalmente para a Série B. E o adversário desta terça-feira que pode dar início a uma nova sequência vitoriosa será o Náutico em São Januário.

Vasco busca vitória nesta terça-feiraPaulo Fernandes / Vasco.com.br / Divulgação

“É difícil ficar tanto tempo invicto. É uma pena não termos batido o recorde, mas não muda nada. No Carioca, queríamos ser campeões. Agora, na Série B, também temos o mesmo objetivo. Agora, é o Náutico, jogo decisivo”, avisou Julio Cesar.

Apesar da tristeza em não bater o recorde de 35 jogos de invencibilidade (contando oito amistosos) do Expresso da Vitória, os jogadores também se orgulham da marca que alcançaram (nunca um time do Vasco ficou 34 jogos oficiais sem perder) e usam como referência para manter-se no topo da Série B e buscar mais marcas importantes.

“Claro que ficamos chateados, mas entramos para história do clube. Foi bom enquanto durou, temos que virar essa página e escrever uma nova história. Por que não pensar em ficar invicto de novo?”, afirmou o lateral.

FELLYPE GABRIEL FORA

Para se recuperar na Série B e se manter na liderança, o Vasco terá de volta Nenê. A ausência do camisa 10 foi sentida, principalmente no primeiro tempo da derrota para o Atlético-GO. Jorginho ainda procura um substituto dentro do elenco, que pode ser Fellype Gabriel. Mas por enquanto, o meia, que treinou bem ontem, segue fazendo um trabalho físico específico e não tem previsão para estrear.