Autoridades suspendem cotação do Banco Espírito Santo na Bolsa de Lisboa

A cotação foi suspensa para conter a queda vertiginosa do título, de mais de 17%. A principal holding do grupo acumula dívidas e não pagou os vencimentos das obrigações nas mãos de clientes na Suíça

Por marta.valim

As autoridades portuguesas suspenderam nesta quinta-feira a cotação do Banco Espírito Santo (BES) para tentar conter a queda vertiginosa do título na Bolsa de Lisboa.

A cotação foi suspensa à espera de informações importantes do BES, segundo um comunicado das autoridades que administram a Bolsa.

No momento da suspensão, o título do BES operava em queda de 17,24%, a 0,50 euro.

Três horas antes, o Espirito Santo Financial Group (ESFG), principal acionista do BES - maior banco por capitalização na Bolsa do país -, anunciou a decisão de suspender a cotação de suas ações e títulos em consequência das "dificuldades" do grupo.

A principal holding do grupo, Espirito Santo International (ESI), acumula dívidas e não pagou os vencimentos das obrigações sob controle de clientes na Suíça.

Os problemas do BES também pesavam nas Bolsas de outros mercados europeus, que registravam perdas depois do anúncio da suspensão da cotação do ESFG.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia