Passageiro tira selfie com sequestrador do avião da EgyptAir

Passageiro inglês afirma que tentou ficar confiante de que a bomba não fosse real e que 'foi a melhor selfie da vida'

Por O Dia

Cairo - O passageiro inglês Ben Innes, 26 anos, teve uma atitude inusitada durante o sequestro do avião da EgyptAir nesta terça-feira: ele tirou uma selfie com o sequestrador Seif Eddin Mustafa.

LEIA MAIS: Avião egípcio é sequestrado e forçado a pousar em aeroporto do Chipre

Sequestrador de avião da EgyptAir é detido e incidente termina sem vítimas

"Eu não tenho certeza do porque fiz isso, mas tentei ficar confiante na adversidade. Eu pensei que se a bomba fosse real, eu não tinha nada a perder. Então, agarrei a chance para dar uma olhada mais de perto", disse o britânico ao jornal "The Sun".

O sequestrador Seif Eddin Mustafa (esq.)%2C com a bomba no corpo%2C com o inglês Ben Innes (dir.)Reprodução/Twitter/ %40Journo_Paul

O passageiro explicou que, durante o desvio para o Chipre, ordenado pelo sequestrador, ele pediu para um membro da tripulação traduzir seu pedido pela imagem. Apesar da atitude de Innes ter sido criticada por várias publicações inglesas, o briânico afirmou que "foi a melhor selfie da minha vida".

O voo MS181 da EgyptAir tinha decolado de Alexandria, no Egito, às 6h30 (hora local), com destino ao Cairo. Por volta das 7h, o comandante anunciou que um passageiro carregava um cinturão explosivo. Mustafá pediu, então, para o piloto pousar a aeronave na Turquia, mas, depois de muita negociação, concordou em ir para o Chipre porque era mais perto, explicou o ministro da Aviação Civil do Egito, Sherif Fathy, em uma coletiva de imprensa.

Após pousar na ilha, Mustafa se entregou para as autoridades e permanecerá preso no país. Foi descartada a hipótese do ato ter sido ligado ao terrorismo, já que os explosivos carregados por ele serem falsos.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência