Dono do 'Kickass Torrent' é preso e site de downloads sai do ar

Página movimentava até R$ 72 milhões por ano com publicidade, estimam autoridades norte-americanas

Por O Dia

Estados Unidos - O ucraniano Artem Vaulin, de 30 anos, foi preso na manhã desta quarta-feira na Polônia, acusado de ser dono do "Kickass Torrent". Com isso, caiu o maior site de compartilhamento de download do mundo. Os EUA querem a extradição imediata do acusado para seu território.

Ele virou réu de um tribunal de Chicago, em Illinois, acusado de conspiração por crimes de infração aos direitos autorais, conspiração para lavar dinheiro e de infringir duplamente a lei de direitos autorais. 

'Kickass Torrent' é o maior site de download pirata de acordo com autoridades dos Estados Unidos Reprodução Internet

Segundo autoridades, o site movimentava entre US$ 12,5 milhões (cerca de R$ 41milhões) e US$ 22,3 milhões (cerca de R$ 72 milhões) por ano com publicidade.

“Vaulin é acusado de operar hoje em dia o mais visitado website de compartilhamento ilegal de documentos, responsável por distribuir ilegalmente materiais protegidos por direito autoral avaliados em quase US$ 1 bilhão”, afirmou Leslie R. Caldwell, assistente da Procuradoria-Geral dos EUA.

De acordo com a acusação, Vaulin é dono do site desde 2008, disponível em 28 línguas, recebendo mais de 50 milhões de visitas mensais, sendo o 69º site mais visitado da Internet, segundo autoridades dos EUA, com dados da empresa de monitoramento Alexa.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência