Governo do Canadá estuda revogar lei que proíbe sexo anal

No país, menores de 18 anos podem pegar até 10 anos de prisão por infringir a lei

Por O Dia

Otawwa - O governo do Canadá informou na manhã desta quarta-feira que pretende revogar uma lei que torna o sexo anal praticado por menores de 18 anos "crime grave" e "passível de prisão por até dez anos". Atualmente, no país, a única exceção é para casais heterossexuais casados formalmente.

De acordo com o Independent, a ministra da Justiça Jody Wilson-Raybould confirmou a mudança e afirmou que a lei é viola os "direitos de igualdade". Ainda de acordo com o site, ativistas do movimento LGBT no país dizem que a lei é descriminatória porque a idade legal de consentimento para o sexo anal difere da idade de consentimento para quase todas as outras formas de relação sexual.

A ministra ainda revelou dados que apontam que entre 2008 e 2014, em Ontário, 22 pessoas foram acusadas de relações sexuais anais sob a Lei.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência