Dieta detox expulsa os excessos das festas

Com o pé na jaca? Especialistas indicam alimentos e receitas que podem ajudar a limpar o organismo

Por O Dia

Rio - O dia seguinte ao Natal muitas vezes vem acompanhado do arrependimento. Diante da mesa geralmente farta, com grande variedade de comidas e sobremesas calóricas, as pessoas costumam exagerar. Uma opção para o corpo se recuperar da ceia natalina e se preparar para o Réveillon é apostar nos sucos detox. Segundo a nutricionista da Clínica Renewmed Samara Lopes, eles são fortes aliados da saúde e ainda emagrecem. “O suco reúne nutrientes como vitamina C, acido fólico e magnésio, quando feitos de vegetais de folha verdes escuras e frutas”, explica.

Sucos à base de frutas e verduras verdes ou frutas vermelhas%2C além de muita água%2C são os mais indicados para promover a desintoxicaçãoDivulgação

Samara conta que o detox ajuda no processo de perda de peso, pois alguns desses ingredientes têm ação termogênica, que transforma a gordura em energia. Além disso, contribui no funcionamento do intestino. A gestora de eventos Telina Medeiros, de 38 anos, diz que voltará a tomar o detox após as festas de fim de ano. “É uma bebida que faz limpeza no fígado com uma combinação de alimentos”. Ela conta que o detox para ela, é uma mudança de estilo de vida.“Tomo o suco para perder peso, secar a barriga, baixar índice de glicose e eliminar toxinas”.

O endocrinologista Francisco Tostes, membro da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM), explica que o detox vem da nutrição funcional, que ressalta justamente a importância do consumo de alimentos que auxiliam o corpo na eliminação de toxinas.

“A alimentação, no cotidiano normal, costuma ser repleta de produtos industrializados e, muitas vezes, pobre em nutrientes. Em períodos de festas, esse padrão pode ficar ainda pior, com o consumo de mais carboidratos refinados, como gorduras ruins e álcool, por exemplo”, comenta.

O médico orienta que as pessoas optem por consumir frutas, vegetais orgânicos, carnes magras e cereais nutritivos, como arroz integral, quinoa e amaranto, além de leguminosas, como lentilha e grão-de-bico, e sementes como, linhaça, semente de abóbora e girassol. “Também é importante manter uma boa ingestão de líquidos. Então, chás e água de coco são boas opções para incluir no detox”, destaca o médico.

Telina Medeiros vai recorrer ao suco detox depois da ceia natalinaAcervo Pessoal

A nutricionista esportiva Tathiana Lopes confirma que o corpo fica prejudicado depois que as pessoas exageram na comida e na bebida na ceia natalina. “Quando nos expomos a um excesso grande como excesso de sal, gordura, açúcar dentre outros, aumentamos em muito a probabilidade de gerarmos um desequilíbrio orgânico”, destaca. Segundo ele, isso torna as pessoas muito mais suscetíveis a crises súbitas de hipertensão arterial, glicemia alta, entre outros problemas graves.

“Além disso, quando se sente uma dieta adequada e nos alimentamos de forma descompensada, nosso organismo tende a absorver muito mais do que deveria, correndo mais risco de aumento de peso”, explica. Além disso, o excesso acarreta cansaço físico e mental, enxaqueca, distúrbios do sono, má-digestão e sensação de inchaço.

Detox de um dia ajuda a recuperar

A nutricionista Thatiana Lopes diz que o ideal é o detox de 24 horas, denominado ‘dia detox’, muito utilizado após ceias de Natal, festas e eventos. “Esta dieta modifica todas as refeições, visando desintoxicar o organismo do excesso de gordura, sal e açúcar consumido nesses eventos”, ressalta.

Depois do detox, a pessoa deve ficar atenta para as festividades no Ano Novo. Segundo ela, é sempre bom manter a moderação, independentemente de realizar dieta detox ou não. “O segredo de uma boa saúde é qualidade de vida e moderação. É necessário utilizar a dieta detox apenas para amenizar os efeitos”. Tostes alerta: “Seguir um cardápio detox não significa fazer uma dieta restritiva. Evitar modismos e procurar um profissional é o ideal, para cuidar do corpo respeitando suas necessidades”.

RECEITAS

Suco verde: 1 maçã verde, 1 rodela de pepino, 1 fatia de abacaxi, 1 pedacinho de 1cm de gengibre, 1 colher de sobremesa de chia, 2 pedras de gelo + 50ml de água. Bater todos os ingredientes no liquidificador ou centrífuga. Servir em seguida. A chia pode ser adicionada apenas quando o suco estiver pronto.

Suco diurético com frutas silvestres: 1 fatia grossa de melão + ½ xícara de chá de berries + 3 folinhas de hortelã + 2 pedras de gelo + 50ml de água. Bater no liquidificador ou centrífuga e adicionar uma colher de sobremesa de chia.

Fonte: nutricionista Andrea Santa Rosa Garcia

CONFIRA

VERDURAS VERDES ESCURAS
Ótimas fontes de bioflavonoides, antioxidantes e desintoxicantes: agrião, couve, escarola, espinafre, mostarda e rúcula.

FRUTAS CÍTRICAS
Fontes de betacaroteno e vitamina C. Reforçam defesas e a membrana das células, protegendo de ataques de radicais livres: kiwi, limão, laranja e tangerina.

FRUTAS VERMELHAS
Ação antioxidante, fortalecem o cabelo, aumentam a saúde dos olhos e diminuem o risco de câncer: ameixa, amora, cereja, framboesa e morango.

OLEAGINOSAS E SEMENTES
Gorduras boas, ácidos graxos Omega 3, que reduzem o colesterol e a inflamação nas células: castanha de caju e do Pará, amêndoas, avelã, nozes.

VEGETAIS CRUCÍFEROS
Antioxidantes como vitamina A, C e E e anti-inflamatórias: brócolis, aspargo, couve, couve-flor, repolho.

Reportagem da estagiária Marina Cardoso

Últimas de _legado_Mundo e Ciência