Maduro diz que quer se encontrar com Donald Trump

Presidente da Venezuela fez a afirmação durante um discurso para novos membros de assembleia constituinte

Por O Dia

Caracas - O líder venezuelano, Nicolás Maduro, disse nesta quinta que deseja se encontrar com Donald Trump. A afirmação foi feita durante um discurso para os 545 novos membros da assembleia constituinte. Maduro instruiu o ministro de Relações Exteriores do país a se aproximar dos EUA e conseguir uma conversa por telefone ou uma reunião com o presidente americano.

Maduro instruiu ministro de relações interiores a contactar governo americanoEPA

Maduro disse que quer relações tão fortes com os EUA como as que ele tem com a Rússia. "Trump, aqui está minha mão", disse. As palavras vêm pouco depois de Maduro alertar o presidente americano que a Venezuela "nunca cederá".

O governo de Trump chamou Maduro de "ditador" e emitiu sanções contra ele e mais doze outras autoridades na última semana. A Casa Branca também afirmou não reconhecer o resultado da assembleia constituinte convocada por Maduro no final de julho. 

Últimas de _legado_Mundo e Ciência