Receita líquida da brasileira Algar Telecom sobe 17,7% em 2014

Entre os destaques, a alta de 28% na receita de voz móvel, 20% em TV, e 14,4% no faturamento com clientes corporativos

Por O Dia

Rio - A brasileira Algar Telecom, empresa de telecomunicações e TI do grupo Algar, divulgou ontem crescimento de 17,7% na sua receita líquida em 2014, na comparação com 2013, atingindo R$ 2,2 bilhões. Entre os destaques dos resultados estão o crescimento de 28% na receita de voz móvel, 20% em TV e 14,4% nas receitas de clientes corporativos.

No mesmo período, o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) consolidado chegou a R$ 543 milhões, com um aumento de dois pontos percentuais na margem Ebitda do negócio Telecom. Além disso, a empresa obteve lucro líquido consolidado de R$ 141,8 milhões, alta de 2,9% em relação ao ano anterior.

“Os resultados de 2015 refletem a nossa capacidade de execução da estratégia aprovada em nosso plano de longo prazo. Expandimos a geografia para atendimento ao segmento B2B, investimos nas geografias existentes para melhoria da qualidade e relacionamento e aumentamos a eficiência operacional da companhia. Com tudo isto, nos tornarmos mais sólidos e preparados para o futuro”, afirmou, em nota, o diretor presidente da Algar Telecom, Divino Sebastião de Souza.

Do total investido, 57% foram para expansão de rede

Em 2014, a empresa investiu R$ 571,7 milhões para alavancar o crescimento, adquirir a empresa Asyst, do setor de TI, e ainda reforçar o posicionamento da companhia nos anos seguintes. Do total, 57% foram direcionados para a expansão de redes e o consequente crescimento dos serviços de dados, voz e TV.

Já a manutenção da operação e a garantia da qualidade dos serviços receberam 20% dos recursos, enquanto outros 17% foram direcionados à aquisição da Asyst.
A companhia destacou ainda que, em setembro de 2014, adquiriu o Lote 5 da faixa de frequência de 700 MHz no leilão realizado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). O lote contempla os 87 municípios já atendidos pela empresa nos estados de Minas Gerais, São Paulo, Goiás e Mato Grosso do Sul. A aquisição da licença permitirá lançamentos de produtos e serviços da tecnologia 4G.

Além disso, a Algar Telecom também assinou contrato, junto a três outras empresas, para a construção de um novo cabo submarino de fibra óptica que conectará o Brasil aos Estados Unidos. O novo cabo ligará o município de Santos (SP) à cidade de Boca Raton (na Flórida, Estados Unidos), passando ainda por Fortaleza (CE).

Últimas de _legado_Notícia