Under Armour lança sua plataforma para fitness

Aplicativos da fabricante americana reúnem 120 milhões de usuários no mundo

Por O Dia

A fabricante americana de equipamentos e artigos esportivos Under Armour investiu US$ 500 milhões na aquisição de dois aplicativos de fitness, em fevereiro deste ano, para lançar agora a plataforma Under Armour Connected Fitness, que concentra mais de 120 milhões de usuários interessados em corridas, planos de dieta, contagem de calorias de alimentos e outras atividades esportivas. Por trás da iniciativa está a aposta da empresa em saber mais sobre seus consumidores e potenciais clientes, com foco na venda de produtos. Os US$ 500 milhões foram gastos na aquisição dos aplicativos globais MyFitnessPal e Endomondo.

Tina Louise, executiva responsável pela Under Armour Connected Fitness no Brasil, do qual fazem parte o MyFitnessPal, o Endomondo e o MapMyFitness, explica que a empresa manterá todos os aplicativos atuando separadamente para que seja possível entender, de acordo com o propósito de cada um deles, o que busca o consumidor.

“Queremos aliar a tecnologia à melhoria de performance do atleta. O MapMyFitness, comprado no ano passado, é um aplicativo de percurso de corrida. Este ano, adquirimos o Endomondo, que ajuda na queima de calorias, e o MyFitnessPal, um diário onde o usuário lista os alimentos que consome e mede a saúde e as calorias. Com base nos dados destes usuários, vamos aprender sobre o comportamento de consumo de cada um e como aumentar a oferta de produtos a eles”, diz ela.

No Brasil, somente o MyFitnessPal tem 1,5 milhão de usuários, diz Tina. Os três aplicativos juntos somam dois milhões de usuários no país. Eles foram traduzidos para o português, incluindo as medidas de alimentos e de peso, porções e calorias.

“Estamos confiantes no sucesso da plataforma e, consequentemente, das vendas da companhia. O Brasil vem expandindo cada vez mais o acesso a smartphones à população e nosso projeto tem tudo para crescer. É um investimento de longo prazo”, diz Tina, que não considera que a empresa esteja atrasada neste filão.”Temos concorrentes fortes como a Adidas e a Nike. Mas isso é bom, nos faz buscar novas formas de aproximação com o cliente”, completa ela, que não descarta novas aquisições de aplicativos, inclusive no Brasil.

Para Adriano Amui, CEO da consultoria Invent Conhecimento Estratégico, a iniciativa da Under Armour e o desembolso de US$ 500 milhões por aplicativos badalados no universo fitness pode ser vista como “uma tacada de mestre” na visão do especialista.

“O primeiro ângulo é a proposta de valor. A tendência é que um produto ou serviço, em um futuro próximo, venha a ser uma commodity. Um exemplo disso é a chamada tecnologia dryfit. Hoje, todos têm. A solução então é desenvolver e investir mais em pesquisa e desenvolvimento. O outro ponto é o uso da tecnologia a favor da marca. A integração de roupas e acessórios a aplicativos será o caminho da Under Armour para crescer em vendas e em valor de marca”, diz o especialista.

Segundo ele, a lógica da fabricante americana parece simples: investir em aplicativos para usuários de smartphones. Mas Amui afirma que essa comunicação aparentemente simples é que vai dar a medida de todo o projeto de pesquisa, inovação e vendas da marca.

“Logo veremos as roupas da marca conectadas aos aplicativos e, a partir deles, a grife vai saber claramente para quem vender e o que. A diferença é que, ao contrário dos concorrentes, os aplicativos serão mais abertos, sem limitar seu uso aos produtos exclusivos da Under Armour”, diz Amui.

Uma das pioneiras neste tipo de ferramenta, a Nike, por meio do aplicativo Nike+ Running, fez uma atualização há cerca de um mês em sua ferramenta e passou a fazer a sincronização dos dados utilizados em dispositivos das marcas TomTom,provedor de relógios esportivos com GPS; Garmin,especialista em tecnologias de navegação via GPS para relógios; Wahoo Fitness, que desenvolve monitores online de batimentos cardíacos e sensores para exercícios, e Netpulse, aplicativo para performance de exercícios em equipamentos de ginástica. Desta forma, o usuário consegue monitorar sua atividade e incluir as informações no aplicativo da Nike.

UA Record ,primeira rede social para atletas e entusiastas de fitness. Com o UA é possível monitorar, analisar e compartilhar suas atividades de fitness.

Últimas de _legado_Notícia