PM acompanha reintegrações de posse na Grande São Paulo

Em Guarulhos, Tropa de Choque foi chamada após as famílias iniciarem protestos ateando fogo em pneus e interditando vias

Por O Dia

São Paulo - A Polícia Militar acompanha duas reintegrações de posse na manhã desta terça-feira, uma na cidade de Guarulhos e outra na zona norte da capital paulista.

Em Guarulhos, a Tropa de Choque foi chamada após as famílias iniciarem protestos e atearem fogo em pneus, interditando vias, de acordo com a PM. Segundo a Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP), o espaço tem 100 casas de alvenaria e 30 barracos de madeira. Moram no local cerca de 500 pessoas.

Leia mais:

Polícia realiza operação para reintegração de posse no Alemão

PM acompanha reintegrações de posse na Zona Leste e no Centro de São Paulo

Pessoas ateiam fogo nas próprias casas durante reintegração de posse em SC

O terreno, de propriedade particular, está localizado na Rua Cristian Alice. A desocupação foi determinada pelos juízes Beatriz de Souza Cabezas, da 4ª Vara Cível do Foro de Guarulhos, e Mauro Civolani Forlin, da 6ª Vara Cível do mesmo Foro.

A área da zona norte da capital foi ocupada por integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), de acordo com a SSP. Cerca de mil pessoas vivem no terreno, em casas de alvenaria e de madeira. A polícia informou apenas que a reintegração ocorre de maneira crítica.

O local foi ocupado em agosto do ano passado e pertence à Elo Empreendimentos Construções, que solicitou a remoção das famílias. O terreno está localizado na Avenida Raimundo Pereira de Magalhães, número 13.370, região de Pirituba.

A ordem judicial foi expedida pela juíza Teresa Cristina Castrucci Tambasco Antunes, da 3ª Vara Cível do Foro Regional XII, Nossa Senhora do Ó.

Últimas de _legado_Brasil