Adolescente é identificado como suspeito de ataques a Maju Coutinho

Morador da Grande São Paulo tem 15 anos. Polícia rastreou redes sociais com a ajuda do Facebook

Por O Dia

Rio - Um adolescente de 15 anos foi identificado pela Polícia Civil de São Paulo como suspeito dos comentários racistas sobre a jornalista Maria Julia Coutinho, na página do "Jornal Nacional", no Facebook, na última quinta-feira. Ele é morador de Carapicuíba, na Grande São Paulo, e foi localizado nesta segunda-feira, de acordo com a Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi), nesta quarta.

O rapaz foi ouvido pela polícia e liberado em seguida. Todas as mensagens de conteúdo ofensivo foram rastreadas pelos policiais, que fizeram buscas nas redes sociais, segundo o Decradi. Para localizá-los, foram solicitados ao Facebook os dados cadastrais e números de IP dos suspeitos. A polícia ainda busca outros responsáveis pelo ataque à jornalista.

Leia: 'Os preconceituosos ladram, mas a Majuzinha passa', diz a jornalista no 'JN'

Jornalista Maju Coutinho disse que não esmorece com comentários racistasDivulgação

Caso o adolescente tenha participação confirmada, ele irá responder por ato infracional, passível de punição com medida socioeducativa a ser definida pela Justiça da Infância e da Juventude.

O Ministério Público (MP) do Rio abriu um inquérito e fez promessas de que os agressores serão punidos "com rigor". O Mesmo ocorreu no MP de São Paulo.

"Tava todo mundo preocupado, imaginando que eu estaria chorando pelos corredores. Mas a verdade é a seguinte: Eu já lido com a questão do preconceito desde que eu me entendo por gente. Claro que eu fico muito indignada, fico muito triste com isso, mas eu não esmoreço. Não perco o ânimo", comentou Maju na noite da última quinta, no "JN".

"Eu cresci numa família muito consciente, de pais militantes, que sempre me orientaram dos meus direitos. Acho importante que medidas legais sejam tomadas para evitar novos ataques a mim e a outras pessoas. Eu acredito que é muito importante", completou a jornalista.

Últimas de _legado_Brasil