PF indicia Capetinha por quatro crimes

Ex-jogador de futebol Edílson negou as acusações

Por O Dia

Goiás - Edílson da Silva Ferreira, mais conhecido como Edílson Capetinha, foi indiciado ontem por crime organizado, corrupção ativa, lavagem de dinheiro e tráfico de influência. Ele é suspeito de envolvimento com esquema investigado na Operação Desventura que apura fraude no pagamento de loterias da Caixa.

PF indiciou EdílsonCarlos Moraes / Agência O Dia

Em depoimento à Polícia Federal, ex-jogador da seleção brasileira pentacampeã do mundo negou as acusações e continua em liberdade. “Edílson foi indiciado com as provas contidas na investigação e que são corroboradas com o material apreendido na casa de alguns investigados. Isso reforça o contato direto entre ele e os principais investigados”, disse a delegada Marcela Siqueira.

Últimas de _legado_Brasil