Preço do pão francês varia até 114% na cidade do Rio

Nas padarias, a diferença passa de 87%. Aluguel das lojas influencia nos valores

Por O Dia

Rio - O preço do pão francês pode variar até 114,28% na cidade do Rio de Janeiro. Nas padarias, a diferença chega a 87,48%. Essa discrepância é influenciada principalmente pelos valores dos imóveis nas regiões, além de questões como IPTU, salários dos funcionários e poder aquisitivo dos consumidores.

Preço aquecido do pão francês%3A país vai sofrer com a falta do trigo argentino pelo fato de o governo vizinho manter o controle das exportações Marcos Cruz / Agência O Dia

Nas padarias, o pãozinho mais barato foi encontrado pela reportagem na Freguesia, na Zona Oeste, a R$ 7,99 o quilo. Em Botafogo, na Zona Sul, o consumidor gasta mais para comprar o item, que sai por R$ 14,98 o quilo.

No entanto, segundo Carlos Jorge dos Santos Silva, secretário-geral do Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias de Panificação e Confeitaria do Rio, essa diferença é ainda maior, considerando os supermercados. Ele explica que o preço do quilo do pão na cidade custa, em média, de R$ 7 a R$ 15, ou seja, uma variação de 114,28%.

De acordo com Gilberto Braga, professor de Finanças do Ibmec, é comum o pão francês ser mais caro nos bairros mais nobres, pois é onerado pelo valor dos aluguéis. “Normalmente, na Zona Sul os salários dos funcionários também são mais altos e o proprietário da padaria ainda tem custos como IPTU, condomínio e serviço de segurança terceirizado”, explica.

Na quinta-feira, O DIA mostrou que o preço do pão francês subiu cerca de 7%, devido à alta do dólar e à decisão do governo argentino de suspender as exportações de trigo. Para a técnica em enfermagem Edna Martins, de 54 anos, esse aumento já pode ser sentido no bolso.

“Os preços estão cada vez mais altos. Eu tenho diminuído a quantidade de pães que compro exatamente por causa disso, mas é um alimento básico, eu não posso de deixar de comprar”, destaca.

Últimas de _legado_Economia