Cartões ensinam crianças a poupar

Ferramenta promove educação financeira com ajuda dos pais

Por O Dia

Rio - Para crianças que adiam a compra planejada porque se recusam a quebrar seus cofrinhos, surge uma opção interessante: um cartão pré-pago. O conceito foi desenvolvido pela AgentPiggy e funciona sincronizado com a plataforma web de mesmo nome.

Pablo Ambram e Maritza Lanas apresentam o cartão da AgentPiggyPatricia Stavis

No site, que permite aos pais criar contas poupança e depositar a mesada dos filhos, os pequenos podem carregar os cartões com dinheiro da conta de gasto e fazer compras em estabelecimentos comerciais credenciados. Entre os produtos que já podem adquirir estão entradas para cinema e museus, revistas, jogos, música, entre outros.

Entretanto, todas as operações, desde a carga dos cartões até a finalização da operação de compra, são permitidas pelos pais, que controlam o comportamento financeiro dos seus filhos.

“O cartão é uma evolução do serviço que prestamos às famílias no online. Ele nasceu de estudos que fizemos com nossos usuários, em que muitas pessoas cobraram outra forma de dar a seus filhos mais independência. O cartão conecta o mundo real ao virtual e dá autonomia às crianças”, explica Pablo Ambram, presidente da AgentPiggy.

Segundo ele, o novo cartão nasce com um mercado potencial de mais de 20 milhões de crianças no Brasil. “Esses pequenos recebem em média R$ 20 por mês, ou seja, são quase R$ 5 bilhões ao ano. Com Cartão AgentPiggy, essa riqueza pode ser gasta de forma mais responsável”, diz ele. Inicialmente, o produto está disponível apenas no Brasil.

Últimas de _legado_Economia