O valor de uma amizade: Saiba quanto custa para manter um animal de estimação

Gastos com cães chegam a R$ 3.500 por ano. Já para gatos é preciso investir cerca de R$ 2 mil

Por O Dia

Rio - Lambidas, carinho, corre-corre, pulos, arranhões e muitas brincadeiras fazem parte do convívio com um animal de estimação em casa. Mas, toda alegria tem um preço e o custo de manter o amigo por perto é alto. De acordo com um levantamento feito pelo DIA, o dono de um cão de médio porte, por exemplo, desembolsa, por ano, cerca de R$3.500. Já para ter um gato, o gasto médio é R$ 2 mil no mesmo período.

O cálculo leva em consideração produtos como ração, vacinas, banhos, brinquedos, remédios antipulgas, vermífugos, petiscos, “banheiros” para os animais, além de tosa. Entretanto, o desembolso vai além dos produtos básicos. As camas para gatos e cachorros, por exemplo, custam cerca de R$150, dependendo do modelo.

Bruna Silvério com a cachorrinha Joaquina. A dona gasta cerca de R%24 150 por mêsPaulo Araújo / Agência O Dia

Além disso, para adaptar o ambiente aos bicinhos, é preciso implantar telas para as janelas, com mão de obra aproximada de R$500, e portões de segurança para os cães, que saem a R$ 150, em média.

A veterinária Sueli Nascimento explica que todos os detalhes são importantes. “É preciso que o dono tenha consciência que os animais dão gastos, mas não há como fugir deles.” De acordo com a médica, descuidos com as vacinas, por exemplo, geram mais custos. “É melhor prevenir do que precisar gastar com procedimentos ambulatoriais e cirúrgicos. É uma economia de mais de 50%”, analisa.

Além do planejado

Mesmo com todos esses cuidados, muitos cães precisam de adestrador para corrigir comportamentos inadequados. O profissional da área Reginaldo Ribeiro avalia que as aulas são necessárias quando o animal sofre e causa transtornos para os donos. “É fundamental quando o cão não sabe fazer as necessidades no lugar, quando sofre demais quando fica só ou quando ele apresenta problemas mais sérios de comportamento”, explica.

O serviço é oferecido no Rio por valor entre R$ 70 e R$ 120 por aula. A quantidade de horas só pode ser definida de acordo com os problemas dos cães.

Donos garantem que gastos com animais valem a pena

A atriz Bruna Silvério, 28 anos, é dona de uma cachorrinha de dois anos, que mora com ela no Centro do Rio. A jovem conta que gasta cerca de R$ 150 por mês com a Joaquinha. Mesmo assim, o custo poderia ser ainda maior. “Economizo dando banho em casa e, como ela não precisa tosar, é menos um custo.” Banho e tosa nas lojas chegam a sair por R$ 100.

Mas, para Bruna o que realmente tem valor é a amizade da cadelinha.
“Não me importo de gastar com o que ela precisa, afinal, me faz tanta companhia e me traz alegria diariamente”, afirma.

Ingrid Diniz com a sua gata Mel. A jovem desembolsa R%24 50 por mês para cuidar do animalPaulo Araújo / Agência O Dia

Outra apaixonada pelos caninos é a servidora pública Lúcia Simões, 30 anos. A moradora do Méier relata que já perdeu as contas de quanto gastou com o Thor, cachorro de grande porte, nos últimos cinco anos. “É como ter uma criança em casa: há gastos que conseguimos prever e outros que não. Mas é nossa obrigação, como guardiões, cuidar ao máximo deles”, disse.

Já a dona da gata Mel, Ingrid Diniz, 21 anos, não se arrepende de desembolsar R$ 50 mensalmente com a bichana. Para ela, o item mais caro, particularmente usado para felinos fazerem necessidades, é a areia. O produto é vendido em sacos de 1 kg, que chegam a custar R$ 25 nas lojas.

Entretanto, Ingrid diz não se incomodar com os preços altos. “O custo benefício é muito mais importante. O amor dela não se mede em reais. Isso que me faz continuar a cuidar da minha amiga”, relata a moradora da Tijuca.

Kit mensal para cães

RAÇÃO
Na loja Pet Zoyde, localizada na Lapa, um pacote de ração da marca Premier de 3 kg custa R$ 32,90. Já os sacos de 15 kg, suficientes para a alimentação mensal de um cão de porte médio, são vendidos por volta de R$ 200.

ANTIPULGAS
O remédio contra pulgas, da marca Frontline, de 100 ml custa R$ 85. O medicamento precisa ser aplicado todo mês no animal, para evitar uma infestação da praga e problemas de saúde mais graves.

VERMÍFUGO
Além do tradicional remédio contra vermes nos intestinos, há o vermífugo contra a praga no coração do cão. O Endogard necessita de aplicação mensal e custa R$ 24,90 na loja Pet Zoyde.

SABONETE
Antes do banho com shampoo e condicionador, o animalzinho precisa receber uma camada do sabonete antipulgas. O produto da marca Ibapet é vendido por R$ 8. Já o shampoo custa R$ 26,60.

BRINQUEDOS
Muito importantes para o bem estar do peludo, os brinquedos precisam ser renovados mensalmente. A galinha de pelúcia é vendida na loja por R$ 33. Já o osso, que também colabora para a limpeza dos dentes do cão, custa R$ 16.

Kit mensal para gatos

RAÇÃO
Na Pet Zoyde, um pacote de ração Premier para gatos, de 1,5 kg custa R$ 57,20. Além da alimentação tradicional, o petisco, da marca Snack, é vendido por R$ 12,70.

ANTIPULGAS
O remédio contra pulgas Frontline, a ser aplicado mensalmente, é vendido por R$ 50,65.

CATNIP
A “erva para gatos”, como é popularmente conhecida, é uma planta que estimula o animal a se interessar pelos brinquedos. A loja vende a versão em spray por R$ 29,80.

BRINQUEDOS
O brinquedo em formato de rato custa R$ 4,50, cada. Já a pelúcia de joaninha é vendida por R$ 18,60 na loja.

SHAMPOO
Os produtos para banho são vendidos por R$ 18,60 (shampoo) e R$ 20 (condicionador).

Peixes e aves custam menos

Para quem deseja ter a companhia de um animalzinho sem gastar muito, os peixes e as aves são as escolhas ideais. As rações para peixe, por exemplo, custam entre R$ 4 a R$ 100, dependendo da raça. Entretanto, explica a veterinária Sueli Nascimento, esse é um dos poucos investimentos a se fazer.

“Podemos dizer que peixe é quase autosuficiente. Além da alimentação, o dono precisa apenas observar a qualidade da água e purificá-la, mas isso não passa de R$ 10 por mês”, garante.

As aves, como os populares periquitos, seguem a mesma linha. A ração é vendida por aproximadamente R$ 10. Além disso, os outros gastos, como a compra de uma gaiola e brinquedos não passam de R$50, sem necessidade de comprar todos os meses.

Reportagem de Angélica Martins