Especialistas dão dicas para candidatos não cometerem erros de principiantes

Muitos candidatos se perdem quando decidem encarar a rotina de estudos para concursos

Por O Dia

Rio - ‘No começo fiz muita coisa errada, estudava o que não precisava, não tinha disciplina nem organização”, relata Júlia Lameiras, 19 anos, aluna do Concurso Virtual. E assim como Júlia, muitos candidatos se perdem quando decidem encarar a rotina de estudos para concursos. Especialistas na área analisam e orientam os concurseiros sobre como dar os primeiros passos para estudar.

Marcello Leal, especialista em concursos, acredita que alguns princípios são fundamentais para quem quer começar na carreira pública. Controle da ansiedade e antecipação dos estudos ao edital são uma delas. “A preparação para concursos públicos é um processo que demanda tempo e dedicação por parte do candidato. Não adianta iniciar seus estudos e já pensar em obter resultados a curtíssimo prazo”, comenta.

Para o especialista, uma boa preparação leva em consideração a curva de aprendizado para determinado concurso, que por sua vez, está condicionada ao tempo disponível para os estudos, extensão do conhecimento e aprofundamento do edital. “Essa é a base de formação prévia do candidato”, afirma.

Ter acesso a um conteúdo de confiança também é imprescindível. Atualmente, o candidato tem acesso a muitas formas de estudos, seja presencial ou via online e opções para todos os bolsos. Contudo, Leal orienta que o candidato evite investir muito tempo em materiais gratuitos. “Conteúdos online e gratuitos podem estar desatualizados e são de procedência duvidosa. Quem está começando agora precisa ter a segurança de que recebe informação de qualidade”, diz.

Para além do conteúdo, o candidato precisa de dedicação, renúncia e confiança em seu potencial, analisa Leal. O candidato precisa estar ciente de que não será um caminho simples e fácil, mas com orientação adequada esse caminho pode ser otimizado. Um erro comum cometido nesse momento é quando o candidato abre mão de toda sua vida social para se dedicar aos estudos. “Esse é um erro grave, pois o cérebro precisa repousar também. Mas saiba que as horas de estudo ocuparão boa parte da sua agenda” comenta.

Criar expectativas demais e fazer comparações podem atrapalhar a evolução do candidato, lembra o especialista. “Não compare-se a amigos e parentes, pois cada um possui uma história e desafios próprios a vencer. E caso venha sofrer comparações, não se deixe afetar, ao invés, confie no seu potencial e na sua preparação”, orienta.

Gladstone Felippo, professor do Universo do Concurso, diz que o candidato deve começar a se planejar desde a escolha do cursinho preparatório. Conversar com alunos e levantar dados da instituição ajudam na definição.

“Não entre sem informação alguma. Procure saber do compromisso que o curso tem com o aluno”, orienta. E em relação à carreira, ao definir o certame, o candidato deve procurar um cursinho que seja referência no assunto. Buscar a lista de aprovados daquela instituição pode ajudar, diz o professor.

Edital vai ser divulgado hoje

A BB Tecnologia e Serviços, uma empresa do grupo Banco do Brasil, divulga hoje edital de seu concurso público para contratação imediata e cadastro de reserva para vários cargos de Nível Médio e Superior distribuídas por todo o país. Procurada pelo DIA para mais esclarecimentos, a empresa não se pronunciou até o fechamento desta edição.

Gladstone Felippo, professor do Universo do Concurso, orienta os candidatos a estudar em grupo. “Pessoas diferentes têm afinidades com disciplinas distintas, isso gera uma troca de informações interessante para os estudos”, afirma o professor.

Mas Felippo diz que o grupo deve ser formado por candidatos com os mesmo objetivos e com disposição para estudar. “Compartilhar conhecimento é fundamental”, comenta.

Últimas de _legado_Economia