Manifestantes vão às ruas em cidades na Alemanha e Suíça em apoio ao Brasil

Ato também é registrado em Harvard, nos Estados Unidos

Por O Dia

Rio - A cidade de Zurique, na Suíça, reuniu cerca de 300 manifestantes na tarde desta quinta-feira, por volta das 17h, em apoio aos protestos no Brasil. O ato terminou às 19h e foi organizado através das redes sociais por brasileiros residentes na Suiça.

Protesto reúne cerca de 300 pessoas em ZuriqueNissar Gabriel / Divulgação

A polícia não conteve os manifestantes que, de acordo com leis locais, precisam de licença para manifestações desse tipo. "Precisa de autorização da prefeitura, com seis semanas de antecedência e há muitas regras. Daí o pessoal conseguiu organizar de última hora. Mas tínhamos que nos responsabilizar e arrumar tudo, limpar a área. E não podíamos sair da praça. Mais foi tudo bem", contou Nissar Gabriel, de 31 anos, que mora na Suiça há 5 anos. O engenheiro disse que em Berna os manifestantes foram proibidos de sair às ruas por falta de licença do governo.

Grupo tira foto com cartaz em apoio aos protestos no BrasilGlauco Cavalcanti / Divulgação

Alguns atos também foram registradas em Frankfurt, na Alemanha, e em Harvard, nos Estados Unidos, onde um grupo de brasileiros se reuniram em frente à estátua de John Harvard segurando um cartaz com as palavras "Ordem e Progresso".

Manifestação de brasileiros em FrankfurtRicardo Hoffmann / Divulgação

Israel também se organiza para apoiar os brasileiros. Está marcada uma passeta para o amanha às 11h, em frente à embaixada brasileira na cidade de Tel Aviv. No domingo também haverá protestos às 18h em Jerusalém.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência