Governo brasileiro diz que não responderá pedido de asilo de Snowden

Ex-agente pediu asilo político a 21 países

Por O Dia

Brasília - O governo brasileiro confirmou nesta terça-feira que recebeu uma solicitação de asilo do ex-técnico da CIA Edward Snowden, requisitado por espionagem nos Estados Unidos, embora não tenha intenção de responder ao pedido. O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Tovar da Silva Nunes, confirmou que o pedido do ex-técnico da CIA foi recebido, como informou nesta terça-feira o portal Wikileaks, segundo o qual Snowden solicitou asilo a 21 países. No entanto, o funcionário esclareceu que o governo "não tem intenção de responder".

A lista divulgada por Wikileaks inclui Equador e Islândia, os primeiros países aos quais Snowden pediu asilo, e mais 19 nações: Áustria, Bolívia, Brasil, China, Cuba, Espanha, Finlândia, França, Alemanha, Índia, Itália, Irlanda, Holanda, Nicarágua, Noruega, Polônia, Rússia, Suíça e Venezuela. O ex-técnico da CIA, que revelou a existência de um programa de espionagem por parte dos EUA, permanece na zona de trânsito do aeroporto Sheremetievo, em Moscou.

Edward Snowden revelou a existência de programas de espionagem dos EUAReprodução Internet


Últimas de _legado_Mundo e Ciência