Choque entre navios nos EUA causa vazamento de 630 mil litros de petróleo

Canal terá o trânsito de embarcações proibido durante os próximos dias

Por O Dia

Austin - O serviços de emergência trabalham neste domingo para controlar os cerca de 630 mil litros de combustível derivado do petróleo que estima-se que foram derramados no litoral próximo a Houston, nos Estados Unidos, por uma embarcação que transportava petróleo e que se chocou no sábado com outro navio.

"A principal preocupação é a segurança do pessoal de emergência e a proteção do meio ambiente", disse neste domingo em comunicado a Guarda Costeira dos Estados Unidos, ao considerar que o volume de petróleo que vazou não é alarmante.

A Guarda Costeira está inspecionando a zona afetada em busca de sulfureto de hidrogênio e outros gases ameaçantes para a saúde que um vazamento destas características pode desprender, mas não foram detectadas concentrações perigosas, segundo o jornal "Houston Chronicle".

Além disso, o impacto meio ambiental poderia ser proporcionalmente maior do que a quantidade de combustível derivado
do petróleo que vazou, pois se trata de uma zona de migração de pássaros e este é bem o período do ano no qual ocorre este evento.

Por enquanto, algumas zonas do canal de Houston, próximo ao acidente, têm o trânsito de embarcações proibido durante os próximos dias.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência