Novo presidente da Costa Rica toma posse e promete luta contra corrupção

'A corrupção está carcomendo a democracia e quebrando as finanças públicas. O novo governo a combaterá sem descanso' disse Luis Guillermo Solís

Por O Dia

San José - O centro-esquerdista Luis Guillermo Solís tomou posse nesta quinta-feira como presidente da Costa Rica, em cerimônia no Estádio Nacional na qual prometeu um diálogo aberto com todos os setores e lutar contra a corrupção e a desigualdade.

Solís, que sucede Laura Chinchilla no poder, foi juramentado pelo presidente da Assembleia Legislativa, Henry Mora, que como ele pertence ao Partido Ação Cidadã (PAC). Após receber a faixa presidencial, Solís chamou toda sua família para subir ao palanque.

Posteriormente pronunciou um discurso no qual prometeu combater a desigualdade social e a corrupção, e abrir um diálogo com todos os setores do país. "Convoco um espírito negociador com respeito para alcançar o desenvolvimento que ansiamos. Um diálogo fértil baseado na transparência", expressou Solís em seu primeiro discurso presidencial.

Luis Guillermo Solís e sua esposa Mercedes Peñas durante a posseEfe

Solís afirmou que por estarem representados no Congresso nove partidos políticos, sem uma maioria contundente para nenhum, é uma obrigação buscar acordos "transparentes" para lutar contra a corrupção, melhorar as finanças públicas, a educação e a saúde.

O presidente assegurou ainda que trabalhará para reativar o setor agropecuário e para sanear as finanças do Estado que se viram afetadas pelo déficit fiscal de 5,4% do Produto Interno Bruto (PIB). "A corrupção está carcomendo a democracia e quebrando as finanças públicas. O novo governo a combaterá sem descanso", prometeu.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência