Caso Juan: PMs acusados da morte de menino serão ouvidos nesta quarta-feira

Julgamento entra no terceiro dia na 4ª Vara Criminal de Nova Iguaçu

Por O Dia

Rio - O momento mais aguardado do julgamento do Caso Juan Moraes deve acontecer na tarde desta quarta-feira. Os quatro PMs acusados pela morte do menino, em junho de 2011, devem prestar depoimento na 4ª Vara Criminal de Nova Iguaçu.

Juan tinha 11 anos quando foi assassinado a tiros, durante uma operação dos policiais, na época lotados no 20º BPM (Mesquita), na comunidade Danon. O corpo dele ficou desaparecido e foi localizado dias depois, perto de um rio.

Pessoas revistadas antes do julgamento na terça-feiraSeverino Silva / Agência O Dia

Isaías Souza do Carmo, Edilberto Barros do Nascimento, Ubirani Soares e Rubens da Silva, respondem por duplo homicídio qualificado (de Juan e Igor de Souza, 17 anos), além de duas tentativas de homicídio, inclusive, do irmão do menino, Wesley.

O depoimento do perito Miguel Arcanjo será repetido nesta tarde, a pedido do Tribunal de Justiça. A testemunha, que foi ouvida na sessão desta terça, terá que voltar porque houve uma falha técnica no som, que impediu a gravação de parte do relato. A audiência desta quarta foi suspensa para almoço e deve retornar às 15h10.

Últimas de Rio De Janeiro