Projeto que combate discriminação de homossexuais em escolas corre risco

Deputado estadual Samuel Malafaia apresentou emendas em que a expressão "discriminação sexual" é trocada por "discriminação cultural"

Por O Dia

Rio - Aprovado em primeira discussão na Assembleia Legislativa, um projeto que combate a discriminação a homossexuais em escolas do estado corre o risco de ser descaracterizado por emendas apresentadas pelo deputado Samuel Malafaia (PSD).

De autoria do deputado Comte Bittencourt (PPS), a proposta modifica a lei que, em 2011, criou o programa de prevenção ao assédio moral e à violência nas escolas. O projeto inclui na lei o combate também a discriminação à diversidade sexual, cultural e religiosa.

‘Cultural’

Malafaia apresentou emendas em que a expressão “discriminação sexual” é trocada por “discriminação cultural”. Caso aprovadas, as propostas do irmão do pastor Silas Malafaia impedirão que fique mais fácil evitar casos de preconceito.

Últimas de Rio De Janeiro