ISP: Caem índices criminais em 33 comunidades com UPPs

Entre os crimes com maior queda estão letalidade violenta, homicídio doloso e roubos de rua

Por O Dia

Rio - O Instituto de Segurança Pública (ISP) divulgou, nesta terça-feira, relatório que registrou redução de índices criminais em 33 comunidades com Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) no primeiro semestre de 2014, no comparativo com os seis primeiros meses de 2008, ano em que a primeira UPP foi instalada no estado. Segundo o documento, entre os crimes com maior diminuição estão letalidade violenta (- 80,7%), homicídio doloso (- 65,5%) e roubos de rua (- 59,8%). Os autos de resistência registraram queda de 90,72%. Já a apreensão de drogas aumentou 264,4%.

As 33 UPPs analisadas pelo instituto foram: Adeus/Baiana; Alemão; Andaraí; Barreira do Vasco/Tuiuti; Batam; Borel; Caju; Cidade de Deus; Cerro-Corá; Chapéu Mangueira/Babilônia; Chatuba; Coroa/Fallet/Fogueteiro; Escondidinho/Prazeres; Fazendinha; Fé/Sereno; Formiga; Jacarezinho; Macacos; Mangueira; Manguinhos; Nova Brasília; Parque Proletário; Pavão-Pavãozinho; Providência; Rocinha; Salgueiro; Santa Marta; São Carlos; São João/Quieto/Matriz; Tabajaras; Turano; Vidigal; e Vila Cruzeiro.

Últimas de Rio De Janeiro