'Papai Noel' que abusava de crianças tem prisão temporária prorrogada

Neozelandês foi preso suspeito de estuprar crianças na Zona Oeste. Prisão foi prorrogada por mais 30 dias

Por O Dia

Rio - A Polícia Civil prorrogou por 30 dias a prisão temporária do neozelandês Paul Barry Clark, de 63 anos, acusado de se fingir de Papai Noel para estuprar crianças no Rio. Ele foi preso no dia 9 de janeiro por policiais da 35ª DP (Campo Grande), suspeito de abusar de um menino de 9 anos. Segundo o delegado Hilton Alonso, o “Bom Velhinho do Mal” já é investigado por crimes sexuais contra cinco menores entre 7 e 10 anos de idade.

“Após a prisão, foram identificadas e ouvidas mais três crianças vítimas do autor, duas de 10 anos e uma de 7. Todas foram encaminhadas para atendimento psicológico junto ao Centro de Referência Especializado de Assistência Social”, disse o delegado. De acordo com Alonso, o suspeito oferecia dinheiro às crianças e se aproveitava da semelhança com o Papai Noel para ganhar a confiança delas.

Neozelandês Paul Barry Clarck foi preso por policiais da 35ªDP (Campo Grande) acusado de usar sua semelhança com Papai Noel para abusar de criançasDivulgação

Quando Paul foi preso, a polícia apreendeu um computador, uma câmera fotográfica e pen drives em sua casa. Uma das vítimas declarou que os estupros eram filmados. Enquanto aguarda o laudo da perícia que apura a existência dessas imagens, o delegado Hilton Alonso continua em busca de provas para descobrir se outras crianças foram vítimas do neozelandês.

Em janeiro, a mãe do menino de 9 anos contou que o filho chegou em casa com R$ 50. Depois de muita insistência, segundo ela, a criança revelou que a quantia teria sido dada por Paul após o abuso.

“Meu filho contou que comprou pipa para todas as crianças da praça aqui do bairro com o dinheiro que ganhou do Paul. E disse que ganhou o dinheiro após fazer e receber sexo oral dele", contou a mãe do menino, uma dona de casa de 44 anos, que afirmou ainda que o filho já foi vítima de outro estupro do acusado, em novembro do ano passado.

Últimas de Rio De Janeiro