Loja de shopping na Tijuca é assaltada

Centro comercial ainda estava fechado; bandidos chegaram em duas motos e renderam funcionários que estavam no local

Por O Dia

Rio - Mais um caso de roubo de celulares em shoppings do Rio foi registrado ontem. Três homens armados renderam seguranças e invadiram nesta sexta-feira, por volta das 9h, o Shopping Tijuca. Eles assaltaram a loja da operadora Vivo quando o centro comercial ainda estava fechado e os funcionários da loja faziam a reposição de estoque.

Os assaltantes conseguiram fugir em duas motocicletas e, alertada, a PM fez rondas pela região, mas não conseguiu encontrá-los. Imagens de câmeras serão usadas para tentar identificá-los. A Polícia ainda não divulgou a quantidade de aparelhos que foi levada.

A repetição de assaltos a lojas de celulares em shoppings já foi detectada por investigações da Polícia Civil que, para conter a onda de crimes, adotou a estratégia de atacar os receptadores dos equipamentos. Anteontem, equipes da 74ª DP (Alcântara) apreenderam 56 aparelhos celulares sem procedência, bem como tablets e outros objetos em uma loja que funcionava como receptação de roubo e furto em São Gonçalo.

No último dia 10, equipes de 12 delegacias realizaram a maior operação contra a receptação de celulares roubados de lojas no Rio. Segundo a investigação, uma quadrilha vendia os aparelhos para pequenos boxes de uma galeria da Rua do Rosário, no Centro, por preços bem menores do que os praticados nas lojas. Na ocasião, cerca de 300 aparelhos sem procedência foram levados para a 19ª DP (Tijuca).

“Vários roubos têm sido praticados em lojas de aparelhos de telefone em todos os shoppings da cidade. E nós já conseguimos detectar que vêm parar neste comércio do Centro. Já fizemos apreensões e prisões dentro da galeria. Então, hoje viemos cumprir mandados de busca em todos os boxes que trabalham revendendo telefones”, afirmou o delegado titular da 19ª, Deoclécio Assis.

Os roubos de celulares nas ruas também subiram cerca de 50% nos últimos quatro meses computados pelo Instituto de Segurança Pública. Em relação ao ano anterior, os meses de setembro, outubro, novembro e dezembro de 2014 registraram 1.894 casos de roubos de aparelhos, contra 1.277. 

Alta em todas as capitais

Apesar do aumento nas estatísticas de roubos de aparelhos celulares, esses números não refletem as ações criminosas nos shoppings. Segundo o Instituto de Segurança Pública, quando um celular é roubado em uma loja, é feito o registro de roubo a estabelecimento comercial. O procedimento é o mesmo daquele que seria feito se o item roubado fosse um tênis ou um televisor.

Segundo dados da seguradora BemMaisSeguro.com, o número de roubos de celulares tem registrado aumento não apenas no Rio de Janeiro, mas em todas as capitais do país. Somente na cidade de São Paulo, o dado teve alta de 149,6% em 2014 em relação ao ano de 2013.

Últimas de Rio De Janeiro