Uerj pressiona e CAp retorna às aulas

Diretor afirma que faltam professores, mas colegiado diz ter constatado falhas de gestão

Por O Dia

Rio - O diretor do CAp-Uerj,Lincoln Tavares, garantiu que começam hoje as aulas para os alunos do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental. A escola só abriu o ano letivo para o 3º do Ensino Médio devido a falta de professores, segundo o diretor. Mesmo assim, os alunos não terão aulas de Educação Física e Artes, e o atendimento aos estudantes com necessidades especiais será deficiente.

A perspectiva de Lincoln é que as aulas do 1º e 2º anos do Ensino Médio comecem dia 7 e as do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental, no dia 13. Segundo o professor, o 3º ano do Ensino Médio está sem aulas de Sociologia e Filosofia. “Estamos fazendo a volta às aulas dentro do que é possível no quadro de professores do CAp. Algumas aulas têm ficado carentes de professores”, afirmou.

Alunos do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental voltam a ter aulas hoje. Mas há outras séries ainda à esperaUanderson Fernandes / Agência O Dia

Segundo o governo estadual, o Colégio de Aplicação possui 131 professores para 1.001 alunos e receberá mais 43 aprovados em concurso com dedicação de 40 horas/aula semanais até o final do ano. No ano passado, a escola contava com 111 professores. Porém, segundo o diretor, em 2014 a escola perdeu cerca de cem professores substitutos.

Mesmo assim, a comissão de Avaliação Docente da Uerj obrigou que as aulas fossem iniciadas e informou que adotará medidas administrativas contra o diretor do colégio. Segundo a comissão, a decisão foi tomada após a constatação de falhas na gestão da unidade.

“Não há motivos para que as aulas ainda não tenham sido retomadas. A situação do CAp não é diferente da de outras unidades que compõem a Uerj, mas somente lá as aulas não foram iniciadas”, afirmou Paulo Volpato, vice-reitor da Uerj que preside o colegiado.

Últimas de Rio De Janeiro