Aluguel Social da Prefeitura será pago em conta da Caixa

Secretaria Municipal de Habitação criou a nova regra que valerá já para o próximo pagamento

Por O Dia

Rio - Os 1.200 beneficiários do aluguel social da prefeitura do Rio (Auxílio Habitacional Temporário) passarão a ser pagos por meio de conta corrente na Caixa Econômica Federal (CEF), a Conta Fácil. Quem não abrir uma conta ou aproveitar outra já existente na CEF ou em outro banco, terá o benefício bloqueado.

Segundo a Secretaria Municipal de Habitação,a medida tem como objetivo agilizar o atendimento, dar mais segurança e conforto aos beneficiários que recebem atualmente o auxílio via cheque nominal. A nova regra começa a valer na hora em que o beneficiário receber o próximo cheque do aluguel social.

O órgão afirma que, a partir deste momento, o contemplado será orientado pelos técnicos da secretaria e receberá uma cartilha com todas as informações. A partir daí, o contemplado terá 30 dias para apresentar na Secretaria Municipal de Habitação cópia do comprovante da abertura da conta.

Documentos necessários

Para abrir a conta corrente, nas agências da Caixa ou nas casas lotéricas, é necessário levar a carteira de identidade e o CPF. O cartão será enviado para o endereço residencial e o beneficiário não terá nenhum custo tarifário.

“O ideal é que o beneficiário abra a sua conta corrente em uma agência mais próxima de casa. Evita deslocamentos desnecessários e custo com transporte, ganha tempo e comodidade”, explicou o secretário Carlos Portinho. Segundo ele, com essa medida de gestão, o Auxílio Habitacional Temporário (aluguel social) será creditado direto na conta corrente, mensalmente e na data do vencimento.

Antes, o beneficiário precisava ir até a secretaria. O órgão lembra que o beneficiário não pode usar a conta poupança para receber o aluguel social. A conta corrente poderá ser usada para movimentação do contemplado desde que o mesmo não ultrapasse o limite de crédito de R$ 2 mil por mês.

Últimas de Rio De Janeiro