Alunos da UFF ocupam a reitoria

Estudantes pedem adesão à greve marcada para esta quinta-feira e reivindicam a suspensão do calendário universitário

Por O Dia

Rio - Alunos da Universidade Federal Fluminense decidiram ocupar a reitoria da instituição nesta quarta-feira depois que uma reunião do Conselho Universitário foi cancelada por ausência do reitor e conselheiros. Houve também uma manifestação de professores, técnicos administrativos e alunos antes da reunião dos estudantes.

Os alunos da universidade pedem adesão à greve de estudantes, marcada para esta quinta-feira, e, além disso, tem como principal reivindicação a suspensão do calendário universitário. No início da noite, a Polícia Federal chegou à reitoria com uma ação de reintegração de posse.

"Além da suspensão, queremos uma reunião da reitoria com os trabalhadores terceirizados que estão sem receber e outra com os três setores que estão em greve: alunos, professores e técnicos. Outra questão é a reabertura do bandejão do campus Praia vermelha, fechado desde o início do ano, e o pagamento das bolsas de monitoria atrasadas", explicou a aluna de comunicação social Jéssica Pietrani, 23.

Reportagem de Flora Castro

Últimas de Rio De Janeiro