Homem morre durante confronto entre PMs de UPP e traficantes na Providência

Comércio e teleférico foram fechados. Em Vila Isabel, PM da UPP Macacos também foi baleado em troca de tiros

Por O Dia

Rio - Um homem morreu durante um confronto envolvendo policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Providência e criminosos armados. O confronto aconteceu por volta das 9h da manhã desta segunda-feira,  em uma na localidade conhecida como Pedra Lisa. O Batalhão de Choque da PM foi acionado para reforçar o policiamento na comunidade.

Moradores ficaram assustados com o intenso tiroteio que causou a suspensão do tefelérico que atende à comunidade, situada na Zona Portuária. O comércio na região também fechou as portas. A Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro (Cdurp), responsável pelo teleférico, não deu informações sobre a suspensão do serviço.

Comércio na região da Central do Brasil fechou após morte de um homem no Morro da ProvidênciaDiego Valdevino / Agência O Dia

LEIA MAIS:

?Polícia prende dupla que foi torturada por traficantes no Morro da Providência

Traficantes da Providência atacam PMs a tiros próximo à Secretaria de Segurança

Policiais da UPP Macacos são baleados em troca de tiros com bandidos

Ex-presidente da Associação de Moradores do Macacos é preso

De acordo com a PM, policiais UPP faziam patrulhamento quando se depararam com bandidos, que começaram a atirar. O homem, ainda não identificado, foi atingido por um desses disparos e não resistiu aos ferimentos.

A Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CCP) também não informou se ele era um dos bandidos armados. Após o confronto, policiais isolaram o local e acionaram a Polícia Civil. Um rádio transmissor e uma pistola calibre 9mm foram apreendidos.

Teleférico da Providência fechou após morte de um homem no Morro da ProvidênciaDiego Valdevino / Agência O Dia

PM baleado em Vila Isabel

Nesta madrugada, em Vila Isabel, Zona Norte, um policial militar foi baleado. O agente, identificado apenas como soldado Rodrigues, foi atingido em confronto envolvendo policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Macacos e criminosos, na localidade conhecida como Terreirinho. O tiroteio ocorreu pouco depois das 4h. O policial ferido foi encaminhado para o Hospital Central da Polícia Militar (HCPM), no Estácio. Segundo a PM, ele foi atendido e liberado na unidade.

Esta não seria a primeira vez que Rodrigues foi baleado enquanto trabalhava. Segundo informações, na última semana, ele foi atingido no colete durante um confroto na comunidade. A CCP, no entanto, não confirma esta informação.

Nesta manhã, policiais da UPP realizaram uma ação de varredura para localizar os criminosos envolvidos no episódio. A operação conta com o apoio do Grupamento de Intervenções Táticas (GIT) das UPPs.

Últimas de Rio De Janeiro