Ônibus são incendiados na região do Complexo do Chapadão

Protesto teria acontecido por conta da morte de um jovem no interior do conjunto de favelas

Por O Dia

Rio - Moradores do Complexo do Chapadão colocaram fogo em três ônibus no final da manhã desta quarta-feira, na Rua Fernando Lobo, na altura de Guadalupe. Segundo a Polícia Militar, o motivo do ato violento foi a morte de um jovem durante um intenso tiroteio na comunidade Final Feliz. De acordo com informações chegadas através do WhatsApp do DIA (98762-8248) lojas também foram saqueadas.

Ônibus é incendiado em Guadalupe%2C na região do ChapadãoWhatsApp do DIA (98762-8248)

Segundo a PM, homens do 41ºBPM (Irajá) estão no interior do Chapadão realizando buscas para tentar localizar o policial Neandro Santos de Oliveira, desaparecido desde a madrugada de terça. Por conta do clima tenso, o Ciep 379 - Raul Seixas, em Costa Barros, e o Ciep 418 – Antônio Carlos Bernardes Mussum, em Ricardo de Albuquerque, tiveram suas atividades suspensas.

De acordo com a Secretaria de Estado de Educação, 300 alunos ficaram sem aula. Outros 1.979 alunos da rede municipal também não tiveram aulas, segundo informou a Secretaria Municipal de Educação. 

Em nota, o Rio Ônibus repudiou os ataques criminosos que colocaram em risco a vida de passageiros e rodoviários de três ônibus da linha 773 (Pavuna x Cascadura), incendiados na manhã desta quarta-feira em Guadalupe. Segundo um levantamento feito pelo sindicato, 16 ônibus já foram queimados e destruídos na capital este ano.


Últimas de Rio De Janeiro